Este evento já ocorreu

Estação da Paulista exibe gratuitamente filmes sobre a cultura piracicabana

Maestro Ernst Mahle está no documentário Musicalidade Piracicabana

Acontece na próxima quarta-feira, 27, às 14h, na célula Misp (Museu da Imagem e do Som de Piracicaba), localizada na Estação da Paulista, a exibição dos filmes piracicabanos “Musicalidade Piracicabana” e “Cururu Piracicabano”, ambos dirigidos por André Boaretto. As exibições compõem a programação de oficinas do projeto “Educação e Memória – O Patrimônio Cultural na Mídia” e serão seguidas por uma roda de conversa sobre o tema. A entrada é gratuita.

“Musicalidade Piracicabana” traz um panorama da música em Piracicaba e aborda o folclórico, o popular, o erudito, com o objetivo de investigar a diversidade e a qualidade da produção local. A riqueza musical da cidade, no que produz hoje e no que já foi produzido, aparece nos depoimentos de diversos artistas, representantes da variedade de estilos.

“Cururu Piracicabano”, como o próprio título diz, está focado na tradição folclórica do cururu, típica em todo o Vale do Médio Tietê. O filme captura depoimentos de pesquisadores e “cantadores”, grandes representantes da tradição caipira; dentre eles Moacir Siqueira, recentemente falecido, e que por décadas brindou Piracicaba e região com os seus versos.

PROJETO – “Educomunicação e Memória – O Patrimônio Cultural na Mídia” está em seu terceiro módulo, com oficinas acontecendo na Estação da Paulista.  O projeto é realizado pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo (SemacTur), ComCult (Conselho Municipal de Política Cultural) e pelo FAC (Fundo de Apoio à Cultura).

O objetivo é difundir a concepção de patrimônio cultural. “Para isso é utilizada a metodologia da educomunicação, que promove o acesso democrático à produção e difusão de informação, facilita o ensino e aprendizado por meio do uso criativo dos meios de comunicação e promove a expressão comunicativa”, completa Bitencourt.

EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO – O projeto já passou pelo Museu Prudente de Moraes e pelo Centro Cultural Zazá, sempre com o objetivo de promover o acesso a pessoas de diferentes idades à temática do patrimônio cultural. Os próprios participantes são provocados no sentido de trazerem às oficinas os patrimônios imateriais que conhecem e que sua comunidade possui, de forma a valorizá-los e difundi-los.

Por meio do processo de produção, os alunos tem a oportunidade tanto de aprender sobre os métodos para se produzir um material comunicativo como, principalmente, aprender sobre o patrimônio cultural e sua importância, tendo ainda a oportunidade de difundir essas ideias para o público, gerando conhecimento e empoderamento.

EQUIPE – Compõem o projeto os profissionais Rafael Bitencourt (jornalista, produtor cultural e educador), Claudia Assencio (jornalista e educadora), Bruno Fernandes (fotógrafo, ambientalista e educador), Erick Tedesco (jornalista e historiador), Fabiano Pereira (jornalista, videomaker e educador), Victor Corte Real (designer gráfico e educador) e Thiago Sacilotto (contador).

Informações sobre o evento

Datas e horários

27/09/2017 14:00

Local

Estação da Paulista

Estação da Paulista, 1423

CEP 13400-140

Piracicaba, SP

Ingressos

  • Grátis
Aviso: as informações do evento são de responsabilidade do organizador e podem sofrer alterações sem aviso prévio. Confirme antes de sair de casa.

Deixe um comentário