Projeto “Memória Viva – Patrimônio Caipiracicabano” faz mapeamento cultural

Piracicaba-antiga_Memorial-Empreendedorismo

Piracicaba antiga. (imagem: reprodução Google / Memorial do Empreendedorismo)

Realizado com recursos da Lei Federal de Emergência Cultural Aldir Blanc nº 14.017/2020, o “Memória Viva – Patrimônio Caipiracicabano” (projeto n​º 134.433/2020) tem como objetivo fazer a identificação e o mapeamento coletivo dos pontos históricos e culturais de Piracicaba.

Neste contexto, o projeto ofereceu duas oficinas sobre patrimônio cultural, online e gratuitas, nos dias 20 e 21 de fevereiro. O objetivo foi aproximar o tema dos moradores da cidade e estimular a participação na preservação da memória local.

A partir das oficinas, serão elaborados o mapa do patrimônio cultural piracicabano e um tour virtual – disponibilizados no evento de lançamento dia 28/março, às 15hs.

Mediação

As oficinas do projeto “Memória Viva – Patrimônio Caipiracicabano” foram mediadas por  Júlia Madeira.

Ela é guia de Turismo Nacional, credenciada no Ministério do Turismo, graduanda em Produção Cultural, com foco em Patrimônio e Memória. Atua com afro-turismo, por meio de roteiros pelo estado de São Paulo e do projeto turístico Rota Afro Piracicaba. Júlia também é co-responsável pela produção da Websérie “(Re) Existências”, contemplada pelo Fundo de Apoio à Cultura, e atual proponente do projeto Memória Viva. Nos últimos quatro anos, trabalhou para o Instituto Terra Mater, na elaboração de projetos culturais e socioambientais em Piracicaba, relacionados ao Ponto de Cultura.

Patrimônio cultural

A Constituição Federal de 1988 entende que fazem parte do patrimônio cultural brasileiro: gírias, histórias de pescador, causos, antigas construções, culinária, um lugar para pescar, feiras, ruas e canções. O conceito de patrimônio abrange uma grande diversidade de manifestações culturais e sociais e está amplamente ligado à memória e costumes dos habitantes daquele determinado lugar.

Ações de Educação Patrimonial ajudam a aproximar a comunidade da gestão do próprio patrimônio e fornece ferramentas para que possam ser atuantes na preservação dos bens materiais e imateriais da cidade. Segundo o “Guia Básico de Educação Patrimonial”, publicado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em 1999, a​ Educação Patrimonial é uma ferramenta importante na construção da cidadania. O conhecimento e a apropriação pelas comunidades são fatores indispensáveis ao processo de preservação do Patrimônio Cultural e possibilita a geração e produção de novos conhecimentos, num processo contínuo de enriquecimento individual, coletivo e institucional.

Informações:
contato com a assessoria do Memória Viva, pelo e-mail: [email protected] ou telefone (011) 9.8606-8813​           
https://www.instagram.com/projetomvpc/
http://projetomemoriaviva.com/
https://www.facebook.com/projetomvpc

Informações sobre o evento

Datas e horários

20/02/2021–28/03/2021 15:00

Local

Consulte o(s) local(is) na descrição deste evento.

Ingressos

  • Grátis
Aviso: as informações do evento são de responsabilidade do organizador e podem sofrer alterações sem aviso prévio. Confirme antes de sair de casa.

Deixe uma resposta