Sesc chama atenção para relação das pessoas com a comida

10.2019 – Alimentacao – Consumo consciente agricultura, vida e abundancia – Marina Pedrosa

Foto: Marina Pedrosa

Refletir sobre os hábitos de alimentação, questionar a relação do indivíduo com a comida, estimular escolhas saudáveis e fomentar a agricultura familiar. Estes são os pilares do Experimenta! Comida, Saúde e Cultura, festival que chega à sua 3ª edição e acontece de 1º a 31 de outubro, em todas as 40 unidades do Sesc São Paulo.

Voltada a um público de todas as idades e perfis, a programação contempla mais de 300 atividades, segmentadas em sete eixos temáticos: Comer é Cultura; A Saúde Está na Sua Mesa; Diversidade no Prato: Sabores da Natureza; Aqui se Planta, Aqui se Come; Se Está na Época, Tem na Feira; Cozinhar é Preciso; e Conexão Comida. São palestras, rodas de conversa, passeios guiados, oficinas, experimentações e feiras de orgânicos que contam com a participação de profissionais de inúmeras especializações, como nutrição, psicologia, gestão ambiental, ecologia, filosofia, sociologia, história e gastronomia.

Não por acaso, o festival acontece no mês do Dia Mundial da Alimentação, 16 de outubro, data instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) para fazer com que a população reflita acerca de temas como alimentação, fome e segurança alimentar.

“Uma das características do mundo contemporâneo é a velocidade com que as coisas têm mudado. Em um contexto tão dinâmico, a relação com a comida, com o ato de comer e seus ritos precisam ser cultivados, respeitando-se os valores e hábitos dos diferentes grupos que formam a sociedade”, afirma Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc São Paulo. “Comportamentos e preferências alimentares muitas vezes alertam para a necessidade de ampliação de políticas públicas promotoras de saúde. Entre as preocupações dos órgãos reguladores de vários países, inclusive do Brasil, estão os transtornos alimentares, as dietas e modismos, o consumo excessivo de alimentos ultraprocessados e, ainda, o relativo desconhecimento sobre a origem e a forma de produção dos alimentos”, completa.

No Sesc Piracicaba, haverá passeio, bate-papo, palestra, exibição de filme e oficinas que vão do consumo consciente, agricultura e produção até a memória e relacionamento com o alimento. Todas as atividades tem entrada gratuita.

A programação começa com uma imersão, o passeio para o sítio Corumbataí neste domingo, 6, das 13h às 17h – saída do Sesc às 12h15. A vivência Consumo consciente: agricultura, vida e abundância será com engenheira ambiental Samantha Kauling e a bióloga e cozinheira ecológica Laura Vidotto, integrantes da Articulação Regional de Agroecologia de Piracicaba (ARA!Pira). Para participar é necessário ter 18 anos e inscrever-se no site ou na Central de Atendimento. Aos participantes, recomenda-se o uso de calçados fechados, calça, boné e protetor solar.

Na semana seguinte, no dia 9, quarta, às 19h30, na Comedoria, haverá o bate-papo O Sabor do Togo, com a culinarista brasileira Michele Coelho Novembre e o educador togolês Koffi Kodzode. Ao preparar pratos da culinária do Togo (África Ocidental), os palestrantes e os participantes comprovam que cozinhar é um ato de respeito e uma troca de experiências, além de demonstrar solidariedade no convívio com as pessoas em situação de refúgio. Os ingressos para atividade começam a ser distribuídos no mesmo dia do evento, a partir das 13h15.

A oficina Gosto de Memória acontecerá no dia 10, quinta, das 14h às 17h, no ETA (Espaço de Tecnologias e Artes). Com a arterapeuta Soraya Nogueira, os participantes utilizarão cola, papel, tecido e lembranças, para confeccionar um caderno de receitas com as receitas de suas memórias afetivas. Para participar é necessário ter 16 anos e inscrever-se no site piracicaba ou na Central de Atendimento.

Também no ETA, a oficina Alimentos in natura, processados e ultraprocessados: sabemos o que estamos comendo?, com a educadora gastronômica Gabriela Brucoli e o educador e filósofo, Helio Hintze, será no dia 11, sexta, às 19h30. Além de questionar o que se sabe sobre os produtos ultraprocessados que consumimos, a oficina traz opções de substituições deles por alimentos in natura, regionais e sazonais. Os ingressos podem ser retirados no dia da atividade, a partir das 13h15.

Com o foco na relação que temos com os alimentos, a jornalista Daiana Garbin revela o processo que percorreu para controlar o transtorno alimentar e aprender a ficar em paz com seu corpo e com a comida na palestra Fazendo as pazes com o corpo. A programação será no dia 16, quarta, às 19h, no Teatro do Sesc Piracicaba – retirada de ingressos no dia da atividade, a partir das 13h15.

Também fala sobre transtornos alimentares, a jornalista Miriam Bottan. Ela conversa sobre como se recuperou dessa fase no dia 22, terça, às 19h, no Teatro, após a exibição do filme O Segredo de Kate (EUA, 1986, 100 min. – Dir. Arthur Allan Seidelman). O longa-metragem mostra a história de Kate, uma dona de casa que aparentemente tem uma vida perfeita. Entretanto, a personagem esconde sua compulsão pela prática de exercícios físicos e distúrbios alimentares. A retirada de ingressos acontece no dia do evento com 1h de antecedência. A classificação é de 10 anos.

Para encerrar, mais duas oficinas acontecem no Experimenta!.

No dia 24, quinta, às 19h30, no ETA, o agrônomo Augusto Rocha, da Meu Quintal Orgânicos, conversa sobre a iniciativa de produção de alimentos que nasceu do sonho de cultivar e fornecer alimentos saudáveis, seguros e sustentáveis para seus amigos e familiares. Durante o bate-papo Produção Orgânica: do produtor ao consumidor, o público aprenderá a fazer uma ecobag para que leve para casa alguns alimentos produzidos na sede da empresa. A distribuição de ingressos será no dia da atividade, a partir das 13h15.

Já no dia 25, sexta, às 19h30, também no ETA, haverá a oficina À mesa com Sophia – Nietzsche e a cozinha do Piemonte. Nesta atividade, a alimentação é usada como desculpa filosófica para abordar sobre o pensamento do filósofo Nietzsche, alemão de saúde frágil, que produziu uma filosofia que afirmava e elogiava a vida e seu gosto pela alimentação. Em sua opinião, “a melhor cozinha é a do Piemonte”. O menu degustação, com a educadora gastronômica Gabriela Brucoli e o educador e filósofo Helio Hintze, cria uma possível narrativa para esta afirmação do teórico. O evento tem classificação e 18 anos. A distribuição de ingressos acontece no dia da atividade, a partir das 13h15.

Informações sobre o evento

Datas e horários

01/10/2019–31/10/2019

Local

Sesc Piracicaba

Rua Ipiranga, 155

CEP 13400-480

Piracicaba, SP

  • (19) 3437-9292
  • Site

Ingressos

  • Grátis
Aviso: as informações do evento são de responsabilidade do organizador e podem sofrer alterações sem aviso prévio. Confirme antes de sair de casa.

Deixe uma resposta