12 mil pessoas assistiram a Paixão de Cristo de Piracicaba

Foto: Bruno Max

Foto: Bruno Max

O espetáculo Paixão de Cristo de Piracicaba, encenado entre os dias 19 e 27 de março no Engenho Central, foi assistido por 12 mil pessoas, de acordo com informações da assessoria de imprensa do evento. Apesar das chuvas, que causaram o cancelamento de duas apresentações (quarta-feira e Sexta-feira Santa), o público e o elenco se envolveram ainda mais durante todas as cenas.

“Com as novidades desta edição, como o cenário mais próximo da arquibancada, o espetáculo superou nossas expectativas. A recepção do público foi bastante calorosa, aplaudindo a encenação em vários momentos. O final foi emocionante, o que também agradou a todos“, disse João Scarpa, presidente da Associação Cultural e Teatral Guarantã.

Como reconhecimento à fidelidade do público, no sábado (26), após o cancelamento da noite anterior, foi aberta uma sessão extra às 17 horas e mantida a noturna.  Mesmo com algumas precipitações da chuva, a encenação continuou levando aos espectadores diversas reflexões sobre a história contada há mais de dois mil anos e que ainda se mantém nos fatos atuais.

“Dos nove dias previstos de apresentações, dois foram cancelados devido às chuvas. Agradecemos a todos que entenderem a situação causada pelas condições climáticas desta época do ano”, falou Scarpa.

A 27ª edição da Paixão de Cristo de Piracicaba foi dirigida por Raul Rozados. Com um elenco de 500 atores em um cenário de oito mil metros quadrados, a peça transcorreu em 42 cenas simultâneas, especialmente projetadas para permitir uma completa visibilidade de toda a encenação, que acontece ao ar livre.

Deixe um comentário