28ª Mostra Almeida Jr. é aberta

Obra de João Benatti - Foto: Pedro Zagatto

Obra de João Benatti – Foto: Pedro Zagatto

A abertura oficial da 28ª Mostra Almeida Jr. acontece amanhã, 06/05, às 20h, na Pinacoteca Miguel Dutra. Este ano foram inscritas 85 obras, acadêmicas e contemporâneas, de 33 artistas. Destes, 69 trabalhos foram selecionados para serem expostos até o dia 29/05. A exposição é realizada pela Apap (Associação Piracicabana dos Artistas Plásticos), em parceria com a Prefeitura de Piracicaba por meio da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural). A visitação é gratuita e pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 8h às 17 h; sábados e domingos, das 14h às 18h.

 Na categoria acadêmica foram premiados Marcelo Araújo, Hors Concours, com o conjunto: Foz do Iguaçu, Esalq (lago) e Cachoeira; Marcos Sabadin ganhou a medalha de ouro pelo conjunto das obras Curiosidade Flagrante, Samuel e Dressed in Blue; Rubéns Zilio faturou medalha de prata pelo conjunto Desejo e Resistência, Violência e Recusa; João Caravita ficou com a medalha de bronze, com a obra Depois da Chuva; Sonia Piedade recebeu a menção especial do júri, pelo trabalho Casa do Povoador. Silvia Dionísio, Laura Pezzoto e João Benatti levaram menções honrosas com o conjunto A Porta Azul, Porta-Igreja Vila Nova e Portal-Horto de Rio Claro; Caminho do Engenho; e Parque da Rua do Porto, Rio Piracicaba, Praça Antonio Keller-bairro Monte Alegre, respectivamente.

Já os premiados no estilo contemporâneo foram Robinson Tuon, que conquistou o troféu Lázaro de Oliveira com o conjunto Melancólicas I, II e III; Antônio Natal Gonçalves, medalha de ouro com Sem Título I, II e III; Arlete Brito com a medalha de prata pela obra Passagem; Rosy Jesus Vaz, medalha de bronze, com Olhar Despercebido e Sem Título. As menções honrosas na categoria foram para Odair Demarchi, com o conjunto Mamo-grafia I e II; Maria Gobet, pela obra De Passagem, Emaranhado e Deserto (patchwork); e Leda Senatore com o conjunto Vida no Campo I, Vida no Campo II e Os Comerciantes.

 “A Mostra Almeida Jr., tradição no universo das artes plásticas em Piracicaba, é um orgulho. Trata-se de uma exposição que a cada ano se estabelece com mérito num concorrido calendário cultural, e sempre nos surpreendemos com belíssimos trabalhos inscritos”, afirmou a secretária municipal da Ação Cultural, Rosângela Camolese.

 A presidente da Apap, a artista Vera Gutierrez, atenta para a diversidade de estilos e cores dos trabalhos deste ano, que dão brilho à exposição. “Assim estão as obras que integram a 28ª Mostra Almeida Jr. Bons trabalhos apresentados por artistas iniciantes, assim como belos trabalhos de associados efetivos. Isso fez com que o júri sentisse muita dificuldade na avaliação. É uma mostra que vale a pena ser visitada”, garantiu. De acordo com Vera, a exposição é direcionada para a produção de membros da Apap, que hoje conta com aproximadamente 70 sócios ativos.

 O júri de seleção e de premiação foi formado por Jesser Valzacchi (Catanduva), Clovis Pescio (Mogi Mirim) e Denise Muller (Ribeirão Preto). Fizeram parte da comissão organizadora Pedro Zagatto (presidente), Gracia Nepomuceno, Delfim Rocha, João Benatti, João Matos, Sonia Barros e Vera Gutierrez

PARALELA – No dia 14/05 haverá uma mostra paralela, no Centro Cultural Bauhaus, com obras premiadas da 28ª edição da mostra. A visitação segue até o dia 14/06, de segunda a quinta-feira, das 8h30 às 22h; sexta-feira, das 8h30 às 19h; e sábados, das 8h às 13h.

 SERVIÇO – 28ª Mostra Almeida Jr. Abertura amanhã, 06/05, às 20h, na Pinacoteca Miguel Dutra, rua Moraes Barros, 233, Centro, telefone (19) 3433-4930. Visitação de segunda a sexta, das 8h às 17h. Sábados e domingos, das 14h às 18h. Até 29/05. Entrada Gratuita.

Mostra paralela, com obras premiadas da 28ª edição da mostra. Abertura 14/05, no Centro Cultural Bauhaus, rua José Pinto de Almeida, 258. Visitação até o dia 14/06, de segunda a quinta-feira, das 8h30 às 22h; sexta-feira, das 8h30 às 19h; e sábados, das 8h às 13h. Gratuita.

Deixe um comentário