7ª Festa do Vinho de Santana

A 7ª edição da Festa do Vinho acontece no bairro de Santana nos dias 6, 7 e 8 de junho, e conta com uma programação recheada de danças típicas, comidas tirolesas, vinho produzido no bairro, além de missa e shows musicais. O bairro está pronto para receber os visitantes e a comunidade ansiosa para receber um público estimado em 20 mil pessoas nos três dias do evento.

A praça, que passou por um processo de revitalização em 2013, será toda decorada, destacando o melhor da tradição tirolesa do bairro. Além disso, a Cucagna, um prato típico tirolês que entrou no cardápio da festa no ano passado, continua entre os deliciosos pratos do evento.

Esta festa é considerada muito importante pela comunidade, pois resgata a tradição cultural dos moradores do bairro e proporciona a união de todos em prol da arrecadação de fundos, que serão reinvestidos em espaços de convivência do próprio bairro. São mais de 300 moradores ajudando e trabalhando voluntariamente para o sucesso do evento.

Por meio da Associação de Moradores do Bairro Santana, que tem como atual presidente José Mathias Vitti, e com apoio da Secretaria Municipal de Turismo, o bairro tirolês preparou uma programação que inicia na sexta e no sábado à noite, sendo que na sexta-feira começa às 20h e no sábado às 18h. Já no domingo a programação acontece a partir das 9h30.

“Esta festa, que hoje está no calendário turístico, é muito importante para a cidade, pois impulsiona o desenvolvimento do turismo nas comunidades de Santana e Santa Olímpia, além de ressaltar a importância cultural que o vinho e a gastronomia típica têm para essas comunidades”, afirma a secretária de Turismo de Piracicaba, Rose Massarutto.

A entrada da festa é gratuita, e o estacionamento é pago, sendo o valor de R$15,00. A intenção, segundo os organizadores, é de que as pessoas não transitem com veículos pelo bairro e apenas se locomovam a pé, garantindo a segurança de todos que estão no evento.

Desfile da Rainha e Embaixadora neste sábado (31)

Neste sábado, dia 31 de maio, acontecerá o desfile de divulgação da 7ª Festa do Vinho de Santana pelas ruas da cidade de Piracicaba, com a participação da Rainha e Embaixadora da festa. O desfile acontecerá em cima do caminhão da Brigada de Emergência da Prefeitura do município, que percorrerá as principais ruas e avenidas da cidade. A concentração acontecerá a partir das 8h, na Estação da Paulista, e o itinerário do desfile será estabelecido pela Brigada de Emergência.

Origem da Festa do Vinho de Santana

Produzir o próprio vinho sempre foi tradição nas famílias dos bairros Santana e Santa Olímpia. A Festa do Vinho começou em 2008, como um almoço para alavancar a recém-criada Cooperativa de Vinhos de Santana e Santa Olímpia, que contou com a presença de 1.000 pessoas. De lá para cá, tanto a Festa como a cooperativa cresceram. Em 2008, cinco pessoas integravam a cooperativa. Atualmente são 24 cooperados, oriundos de ambos os bairros tiroleses. A Cooperativa foi se especializando e capacitando, recebendo assessoria do Sebrae (tecnologia, fabricação e agronomia) e curso de empreendedor de pequenos negócios, realizado em parceria entre o Senac e a Setur – Secretaria Municipal de Turismo.

A Cooperativa continua ampliando sua atuação anualmente, resultado do curso de Pequenos Negócios, que foi realizado em 2011, e resultou na elaboração de um plano de negócios e na captação de recursos para ampliação. Além disso, em 2013, buscando a continuidade do processo de capacitação das comunidades de Santana e Santa Olímpia, uma parceria da Setur e do Sindicato Rural de Piracicaba, proporcionou gratuitamente um Curso de Turismo Rural, que foi ministrado pelo Senar, a todos da comunidade que tivessem interesse em participar. A intenção é ampliar a produção e também diversificar os produtos para comercialização. Os cooperados cultivam parreirais, que produzem 20 mil litros de vinho ao ano (10 mil garrafas), sendo, vinhos tinto seco e suave, branco, rosê e frisante, além de suco e geleias de uva.

Confira a programação e o cardápio da Festa:

Sexta-feira – 06/06/2014
20h – Abertura oficial com apresentação de rainha e embaixadora
21h – Grupos de dança
22h – Banda V4

Sábado – 07/06/2014
18h – Missa
19h30 – Apresentação de rainha e embaixadora
20h – Grupos de dança
22h – Banda Séculu’s

Domingo – 08/06/2014
9h30 – Missa
11h – Almoço com cardápio típico
14h – Apresentação de rainha, embaixadora e grupos de dança
15h – Banda Nostalgia

Cardápio

Dentro do Salão: Cuscuz, Porção de Frango, Canederli, Cuccagna, Chopp, Bebidas: Refrigerante, água e suco de uva.
Almoço Domingo: Crauti, Porpeta, Arroz, Polenta, Frango, Carne de Panela, Batata, Salada, Farofa, Maionese, Macarrão, Strangula Preti.
Fora do Salão: Cafeteria (Pães caseiros, café, capuccino), Doces, Sorvete, Cuscuz, Pastel, Batata Frita, Grostoli, Bebidas: Refrigerante, Água e Suco de uva, Sucos, Sangria, Crepe, Churrasco, Chopp e Vinho.

Canedergli – Sopa típica Trentina com bolas feitas de pão e cozidas em um caldo de frango. Ingredientes: Pão, linguiça, Ovo, farinha de trigo, sal.

Doces – Mousse de Vinho, Mousse de Maracujá, Espeto de chocolate de Uva e Morango, Trufas, Caçarola Italiana.

Grostoli – Popular no Trentino (Norte da Itália), na Áustria e Suíça. Ingredientes: farinha de trigo, leite manteiga, açúcar, ovos, fermento, sal. Cobertura: pulveriza com açúcar e canela a gosto.

Cuccagna – Polenta, linguiça, ovos, bacalhau e queijo.

Sangria- Batida com poupa de uva, vinho, gelo e leite condensado.

Crauti – Prato tradicional Trentino – existem várias receitas regionais com diferentes ingredientes. Esta, em especial, é uma forma popular da região de Meano. Ingredientes: repolho curtido refogado, pimenta, sal, costelinha de porco defumada, bacon, calabresa.

Strangula Pretti – Quer dizer “engasga Padre”, era o prato principal servido aos padres antigamente. Ingrediente: Massa => Farinha de trigo, sal a gosto, leite, ovos, chicória (espinafre). Molho => azeite, molho de tomate, cebola, carne moída ou linguiça.

Deixe um comentário