Boca do Céu”: encontro de contadores de histórias

BocadoCeu2014_SaoPaulo(4)Nesta sexta-feira e sábado, dias 25 e 26 de julho, a cidade de Piracicaba (SP) recebe o projeto “Boca do Céu – Encontro de Contadores de Histórias” com o apoio do Instituto Equipav e da concessionária de saneamento Águas do Mirante. O encontro tem o objetivo de estimular o uso da arte da narração em ações educacionais, culturais e sociais.

Na edição piracicabana, o projeto contará com atividades voltadas para estudantes da rede pública e oficinas abertas ao público. Todas as atividades são gratuitas.

Para sexta-feira, estão programadas quatro apresentações em escolas do município: às 8h30 e às 9h30 na Escola Coração Maria Nossa Mãe (Rua Boa Morte, 1955, Centro), às 14h na EMEIF Hide Maluf Jr. (Rua Bom Pastor, 282, Vila Cristina) e às 16h na EMEIF Aparecida Carlos Guzzi (Avenida Presidente Venceslau Braz, 891, Jardim Glória).

Também na sexta-feira, às 20h, acontece uma roda de histórias no Ponto de Cultura Garapa (Rua Dom Pedro II, 1313, Bairro Alto). De acordo com a organização do evento, a apresentação irá proporcionar aos participantes “uma viagem imaginária a lugares deste e de outro mundo”. Participam do encontro as contadoras Carmelina Toledo Pisa, Carla Betta, Danielle Barros, Fabiane Camargo, Madalena Monteiro e Regina Alfaia, juntamente com o músico Joandson Barros.

No sábado, das 9h às 12h, será realizada uma oficina para educadores e outras pessoas interessadas no tema, também no Ponto de Cultura Garapa. A oficina pretende despertar nos educadores o desejo de utilizar contos na rotina de trabalho das escolas. A partir de alguns exercícios práticos, as contadoras Madalena Monteiro e Regina Alfaia, acompanhadas do músico Joandson Barros, mostram a importância da contação de histórias para a formação do ser humano e para a construção do conhecimento das mais diversas naturezas.

Viabilizado pela Lei Rouanet, o Boca do Céu é um evento bienal idealizado pela contadora de histórias e professora livre docente do Departamento de Artes Plásticas da ECA-USP Regina Machado, produzido pela agência 3 Apitos e realizado em parceria com o Itaú Cultural, reunindo contadores de histórias de diversas partes do mundo. O projeto também é itinerante. Além de Piracicaba, deverão ser realizados encontros em outras cidades, como Botucatu (SP). Mais informações podem ser obtidas no site www.bocadoceu.com.br ou através do e-mail [email protected].

 

Instituto Equipav

O Instituto Equipav é o braço social do Grupo Equipav, responsável por destinar e monitorar os investimentos da companhia em projetos e ações socioambientais espalhadas por várias cidades brasileiras.

A instituição não tem fins lucrativos e, atualmente, realiza e apoia dezenas de ações nas áreas social, ambiental, de educação e cultura nas comunidades abrangidas pelas empresas do grupo. Em seu primeiro ano de atuação, o Instituto Equipav destinou R$ 778 mil para diversas iniciativas. Em 2014, está previsto o direcionamento de 1,5 milhão em ações socioambientais. Mais de 20 projetos e ações já foram realizadas ou apoiadas pela instituição.

Deixe um comentário