Ceta inicia temporada de apresentações

Foto: Cynthia da Rocha

Foto: Cynthia da Rocha

A Ceta (Companhia Estável de Teatro Amador de Piracicaba), criada pela Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural) em 1991, começa neste domingo, 05/06, a temporada de apresentações gratuitas do espetáculo infantil No Reino da Felicidadolândia. A primeira apresentação da peça acontece às 16h, no Centro Cultural Izaíra Aparecida Barbosa, o Zazá, localizado na rua Jacinto Roberto Penedo, 190, no Mário Dedini.

O espetáculo também já está programado para acontecer em outros locais: no Lar Betel, dia 12/06, às 16h; no Lar dos Velhinhos, dia 03/07, às 14h; e no Clube de Campo de Piracicaba, dia 23/07, às 16h. No bairro Nova Suíça (barracão da igreja) está prevista uma apresentação no dia 25/06, às 19h30, cuja confirmação está em andamento. Os bairros Pauliceia, Tatuapé e Ártemis também já estão no cronograma de apresentações, mas as datas e horários ainda serão definidos.

No Reino da Felicidadolândia tem como objetivo central incentivar principalmente crianças a colocarem em prática a coleta seletiva. “O Cata Cacareco é um sistema de coleta antigo em Piracicaba e, mesmo assim, muitas crianças não o conhecem e não estão habituadas a fazer a coleta seletiva. O espetáculo visa trazer esse conhecimento aos pequeninos. Visa, ainda, resgatar alguns personagens lúdicos, como o Saci, o Mágico, a Fada Madrinha, duendes, que estão sendo deixadas de lado pelas crianças hoje em dia, por conta da preferência por brinquedos tecnológicos”, ressaltou o ator e diretor da Ceta, João Scarpa.

SINOPSE – Um Menino que passa as férias na casa da avó vê um caminhão na rua recolhendo coisas que as pessoas não usam mais; curioso, quer saber do que se trata. A avó, então, conta uma história fantástica sobre um reino encantado, muito distante, chamado Felicidadolândia, onde as pessoas viviam muito felizes, pois tinham tudo o que precisavam para viver. Porém, uma bruxa malvada ficou sabendo da existência de um lugar como esse e quis destruí-lo; ela transformava todas as plantações em sucata e secava os rios. Desesperada, a Princesa resolveu pedir ajuda aos seres com poderes mágicos, mas nenhum podia ajudá-la. Foi aí que o Príncipe do reino vizinho se uniu a Princesa. Ele colocou seus ajudantes a serviço do povo; estes, passavam pelos vilarejos recolhendo as sucatas e deixando mantimentos e folhetos informativos para as pessoas. Dessa forma, conseguiram derrotar a bruxa e tudo voltou a ser como antes. Ao ouvir essa história o Menino fica empolgado e resolve colaborar com a avó, separando tudo o que eles não usam mais.

FICHA TÉCNICA – Texto, João Scarpa; elenco: Patty Eller, Guilherme Godoy, Estela Rubim, Laís Vetoretti, Dafni Fernanda, Heloísa Cordeiro, Felipe Trevilin, Leonardo Moraes, Felipe Nunes, Betoh Freitas, Tiara Silva, Bruno Luzvianne, Guilherme Quadrado, Tiago Rochetto e Raquel Miranda. Cenário: Amauri Ribeiro; letras das músicas: elenco da Ceta; produção musical: Willian Ruivo; coreografias: elenco e direção da Ceta; direção: Ricardo Araújo e João Scarpa.

 

Conteúdo relacionado

Deixe uma resposta