CIA Caravan Maschera apresenta versão de Vidas Secas com bonecos

Depois de uma turnê pelo interior do Brasil passando pelos estado de SP, MG, ES,BA, SE e AL em 2016, a Cia Caravan Maschera, cuja sede se encontra no bairro rural do Jardim Maracanã, na cidade de Atibaia, interior de São Paulo, realiza o projeto CIRCULAÇÃO VIDAS SECAS passando por 15 cidades do interior paulista, além da capital. A Cia ítalo-brasileira – formada pelos artistas Giorgia Goldoni e Leonardo Garcia Gonçalves – apresenta uma adaptação inusitada do mestre Graciliano Ramos fazendo uso de bonecos, máscaras e de uma trilha musical contemporânea e sem palavras. Com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, por meio do Programa do Programa de Ação Cultural- ProAC, todas as atividades do projeto são gratuitas.

 

Nessa sexta, dia 02 de Junho, às 20 horas no Teatro do SESI de Piracicaba será realizada uma apresentação única do espetáculo Vidas Secas. Os ingressos são gratuitos  e podem ser reservados pelo Meu SESI através do link – http://www.sesisp.org.br/meu-sesi, e os ingressos remanescentes serão distribuídos 1h antes do espetáculo.

 

 

Vidas Secas sem palavras

Para a Cia CaravanMaschera, a necessidade de se adaptar a obra de Graciliano Ramos é imprescindível à atualidade. A proposta não pretende “ilustrar” a temática da obra de Graciliano Ramos “Vidas Secas”. O que se quer mais é o estabelecimento de um diálogo entre a interpretação subjetiva do público e os sentimentos e sensações do espetáculo.  O texto é revisitado na forma de signos teatrais por meio de bonecos, máscaras e quase sem diálogos. Uma peça imagética que transforma continuamente os signos, os significados e os sentidos do contexto atual e histórico da seca, da angústia e da esperança do sertanejo que transcende os regionalismos geográficos e a temporalidade das épocas. Cria-se uma releitura imagética desta obra literária para devassar a crise central tratada no texto: a tensão entre esperança e desejo; opressão e exploração.

 

Vidas Secas é uma obra imagética que transforma continuamente os signos, os significados e os sentidos do contexto atual e histórico da seca, da angústia e da esperança do sertanejo que transcende os regionalismos geográficos e a temporalidade das épocas.

 

 

 

Conceito de encenação:

 

O projeto é inovador, pois aborda a obra de Graciliano Ramos de forma inédita (com Bonecos e sem palavras). A criatividade foi muito valorizada ao transpor para o teatro visual e de bonecos uma releitura de “Vidas Secas” por meio de imagens e sensações. Características singulares de manipulação dos bonecos, seus conceitos e modos de confecção possibilitam o encanto e a apreciação da obra do autor por meio de uma “poesia do olhar”. O projeto resgata este texto imortal apoiando-se na historicidade da seca e na importância do identitário cultural deste livro para a cultura popular e erudita brasileira. A “Memória Cultural” do sertanejo nordestino é repensada sob o prisma da contemporaneidade e do contexto atual do êxodo rural, da marginalização social, do abuso de poder e da incomunicabilidade humana.  A ausência de diálogos permite  ao espectador se relacionar com o tema de “Vidas Secas” de modo ímpar partindo-se da própria subjetividade como público, de maneira mais autônoma.

 

 

 

Sobre a Cia CaravanMaschera

Caravan Maschera tem como proposta uma teatralidade baseada no teatro de bonecos, máscaras e formas animadas. Sua sede brasileira se encontra em Zona rural da cidade de Atibaia-SP, onde desenvolve ações  de promoção e fomento das artes em geral. Desde 2011 é contemplada com diversos Prêmio de fomento ao teatro: ProAC, Funarte, MinC, Comunidade europea (EACEA). Entre 2010 e 2011 participou do projeto europeu Masks on Stage que permitiu à Cia participar de residências artistas na França, Itália, Alemanha, Rep. Tchec e Espanha.

 

SERVIÇO

Local: SESI Piracicaba – Av. Luiz Ralph Benatti, 600

AVCB: 267227                  – validade: 23/10/2021

Alvará: 194352014             – validade: 14/03/2018

Datas e horários: 02/06 às 20h.

Capacidade: 320 lugares e 8 para cadeirantes

Duração: 50 min.

Classificação indicativa: 12 anos

Informações: (19) 3403-5900 / 3403-5940

Site: https://piracicaba.sesisp.org.br

Entrada gratuita Reservas antecipadas pelo Meu SESI (www.sesisp.org.br/meu-sesi). Os ingressos remanescentes (se houver) serão distribuídos 1h hora antes do início do espetáculo.

 

Deixe um comentário