Engenho Central é palco do 3º Afropira

AFROPIRA 2014 - Danilo Chequito (254) (1)

A cultura afro será destaque nos dias 19 e 20 de novembro, na terceira edição do Afropira, no Engenho Central, evento criado em 2013 para comemorar o Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado no dia 20. A realização é da Prefeitura de Piracicaba, por meio da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural), CDCPN (Centro de Documentação, Cultura e Política Negra), Conepir (Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Piracicaba) e Comissão Organizadora, com apoio da Casa do Hip-Hop, Clube 13 de Maio, Vila África, Escola de Samba Pérola Negra e Grupo Zanzibar. A entrada é gratuita.

O tema deste ano será Afrodécada – Década Internacional de Afrodescendentes, proclamada pela ONU (Organização das Nações Unidas) de 2015 a 2024, com o objetivo de promover o respeito, a proteção e a prática de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais de afrodescendentes, como reconhecidos na Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Nesta edição haverá a participação de aproximadamente 500 artistas e a expectativa dos realizadores é atrair um público superior ao de 2014, que foi de 5.000 pessoas. As atividades têm início no dia 19, às 19h, com o Encontro de Militantes, no Engenho, no qual serão homenageados o professor Noedi Monteiro, a representante do Bairro Santa Fé, Mayra Cristina, Maria José de Barros (Pastoral Afro), Ubirajara Cristiano Barros Sabino (Casa Hip-Hop), Aguinaldo Oliveira (Liga Piracicabana de Futebol Amador) e Rafael Baptista Antonio (Vila África)

No dia 20, a partir do meio-dia, também no Engenho, ocorrem as apresentações de cantores e grupos de música, dança e teatro, exposição e venda de artesanato, livros, roupas, acessórios, oficinas de capoeira, hip-hop, atendimento gratuito com cortes de cabelo artísticos, tranças, maquiagem, esmaltaria, aulas de dança, percussão, palestras e a venda de produtos da gastronomia africana, entre outros.

Para a secretária da Ação Cultural, Rosângela Camolese, o Afropira tende a crescer ano a ano. “Trata-se de uma justa homenagem aos afrodescendentes e a todas as pessoas que são apaixonadas por essa cultura tão rica e tão bela. O Afropira é uma oportunidade única de piracicabanos e turistas se aprofundarem nos seus elementos, como a dança, a música, o artesanato e a gastronomia, entre tantos outros”, declara.

CONSCIÊNCIA NEGRA – O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade. A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi, em 1695, líder do Quilombo de Palmares, localizado em Pernambuco e que abrigava escravos negros que fugiam de fazendas, prisões e senzalas.

PROGRAMAÇÃO – Atividades no Engenho Central

Dia 19/11 – das 19h às 22h

Encontro de Militantes – Homenageados do Ano: professor Noedi Monteiro, representante do Bairro Santa Fé, Mayra Cristina, Maria José de Barros (Pastoral Afro), Ubirajara Cristiano Barros Sabino (Casa Hip Hop), Aguinaldo Oliveira (Liga Piracicabana de Futebol Amador) e Rafael Baptista Antonio (Vila África)

Dia 20/11 – das 12h às 21h

PALCO

CASE (Centro de Atendimento Sócio Educativo)

Grupo Arte Popular UJP (Dança)

Bate Lata (Escola Catharina Casale Padovani)

Grupo Okan (dança afro)

Grupo Geacap Show (dança afro)

Intervenção Teatral (Mayra Calin, Eva Prudêncio, Giovani Bruno)

Peste MC & Wu Maloka (rap)

Grupo Power Of Dance (dança)

Cia. UnaArte – Poesia (Nathy Pezzato e Felipe Nunes)

Elaine Teotonio Convida – Juca Ferreira, Marco Abreu, Thereza Alves, Lu Garcia, Vaguinho, Deni Libardi, William Barros, Wagner Silva, Mestre Marquinho, Aninha Barros, Marcelo Gomes, Caue Valverde, Raphael Brasil, Sandra Rodrigues, Walquiria Estela e Andrea Martins (Músicas Afro-Brasileiras)

Garnet e Peqnoh (rap)

Samba de Lenço (mestre Antônio Carlos Ferraz)

Baque Caipira (maracatu)

Quilombola e Samba & Prosa

Batuque de Umbigada (Casa de Batuqueiros)

Porto Maracatu (Cortejo do Engenho à Rua do Porto)

Espaço Mestre Cosmo (oficinas de capoeira)

Capoeira Regional (professora Misleine – Grupo Cativeiro)

Capoeira Angola (mestre Zequinha e professor Meia Noite – Escola Raízes de Angola)

Capoeira Angola (Vaguinho – Escola Geacap)

Maculelê (instrutor Pastel – Grupo Cordão de Ouro)

Capoeira (professor Nego Duro – Abadá Capoeira)

Capoeira Show (mestre Geninho – Associação Engenho Central)

Capoeira Regional (mestre Misso – Associação Resgate da Capoeira)

Espaço Dandara (Beleza)

Trançadeiras (Bel Farias, Néia Tranças, Edilaine do Carmo, Elisabete Santos)

Amarrações (Fátima Eugênio)

Maquiagens (Maria Helena)

Cortes Artísticos (Sardinha, Felipe Sardinha e Cabral Alves)

Cortes, massoterapia, estética facial e unhas artísticas (Instituto Mix)

Espaço Afrika Bambaataa (hip-hop)

DJ Marquinhos e Oscar Rosa (oficina de dança Casa do Hip Hop)

DJ Claudinho e Kabal (oficina de power moves Casa do Hip Hop)

DJ Péricles e Barraco Records (oficina de Dança)

Rap Gospel com Gentil

Rock J

Batalha de Mc’s (Casa do Hip Hop)

De Buenas Crew

DJ Vurto (Balada Black)

Espaço Baobá (oficinas)

Percussão (Welister Barbosa)

Dança Afro (Marcinha)

Maracatu (Maicon Araki)

Batuque de Umbigada (Vande Batuqueiro)

Samba de Lenço (Ediana Arruda)

Samba Rock (Jean Basto)

Samba de Gafieira (Dedé)

Espaço Erê (Infantil)

Maracatu (Tony Azevedo)

Capoeira (Priscila Ferreira)

Cosplay (Personagens Negros)

Pintura Afro (Priscila Roberta)

Contação de História (Waniria Barros e Danila Zampieri)

Confecção de Bonecas Abayomis (Danila Zampieri)

Espaço Griô (Apresentação da Contribuição do Negro na Construção da História do Brasil)

Noedi Monteiro (apoio de pesquisa)

Antonio De Paula Junior (apoio de pesquisa)

Elaine Teotonio (criação e elaboração)

Mestre Marquinho (criação e elaboração)

Giovani Bruno (elaboração e apresentação)

Eva Prudêncio (apresentação)

SERVIÇO – 3º Afropira. Dias 19, das 19h às 22h, e 20 de novembro, das 12h às 21h, no Engenho Central. Entrada gratuita. Acesso pela Ponte do Mirante e Passarela Pênsil. Informações: 3403-2600.

Deixe um comentário