Espaço Pipa é finalista do “Oscar da Inclusão”

Profissionais do Espaço Pipa FOTO RAFAEL BITENCOURT

Profissionais do Espaço Pipa. Foto: Rafael Bitencourt

Acontece na próxima quinta-feira, 07, às 16h, no auditório da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, na capital paulista, a cerimônia de entrega do “VI Prêmio Ações Inclusivas para Pessoas com Deficiência do Governo do Estado de São Paulo”. Considerado o “Oscar da Inclusão”, o evento tem como um dos 30 finalistas o Espaço Pipa, de Piracicaba.

A entidade piracicabana inscreveu dois dos projetos que são desenvolvidos via captação de recursos por meio do Fumdeca (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente).

Na área temática Educação Inclusiva, Qualificação e Cursos, foi inscrito o Projeto Caleidoscópio, que tem como objetivo qualificar os contextos familiares, escolares e sociais para favorecer a inclusão de estudantes com síndrome de down na rede regular de ensino. Desde 2014 esse projeto tem sido realizado com o apoio da Raizen.

O Projeto Juntos & Misturados, inscrito na área temática Esportes, Turismo, Cultura e Lazer, promove a inclusão social por meio da prática esportiva de natação, karatê, tênis de mesa, futsal e ginástica rítmica, na modalidade do Esporte Unificado, em que os atletas com síndrome de down ou deficiência intelectual treinam com parceiros sem deficiência, mas em vulnerabilidade social. Esse projeto acontece desde 2016 com o patrocínio da Caterpillar Brasil.

“Estamos na expectativa para ver qual será o resultado. Ficamos muito felizes por estar entre os finalistas, é um reconhecimento pelo trabalho sério e comprometido realizado pelos nossos profissionais em prol de nossos atendidos e da sociedade”, afirma o presidente do Espaço Pipa, Carlos Alberto Montanhini.

Deixe um comentário