Júri escolhe os melhores do humor mundial

salaodehumor140814210455

No próximo sábado, 16, às 14h30, o júri de premiação se reúne no armazém 14 do Engenho Central para escolher os melhores do humor mundial da edição 41ª do Salão Internacional de Humor de Piracicaba. Eles terão que analisar no total 368 obras, nas categorias caricatura, cartum, charge, tiras/HQ e desenhos temáticos do prêmio Indignação. Este ano, 576 artistas de 55 países enviaram obras para o evento, totalizando 2.562 trabalhos. O 41º Salão de Humor será aberto no dia 23 de agosto, no Engenho Central, data em que serão anunciados os vencedores.  A realização é da Prefeitura de Piracicaba, por meio da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural) e CEDHU (Centro Nacional de Humor Gráfico).

“O júri de premiação do Salão contará, como é de costume, com membros extremamente capacitados para avaliar e premiar os trabalhos, tanto brasileiros como estrangeiros. Estamos certos que o júri fará um belíssimo trabalho e nos ajudará a fazer uma edição inesquecível desse grande evento que Piracicaba e os piracicabanos tanto esperam”, garante a secretária da Ação Cultural, Rosângela Camolese.

O júri será composto pelo arquiteto e um dos criadores do Salão, Fausto Longo, o radialista e humorista Paulo Bonfá, o presidente da Adjori-SP (Associação de Jornais do Interior de São Paulo), o jornalista Carlos Balladas, o escritor e jornalista Jorge Cunha Lima, além dos cartunistas Luiz Carlos Fernandes, da colombiana Elena Ospina e do belga Luc Descheemaeker.

“Tenho certeza de que vou rir muito! Mas é uma bela responsabilidade avaliar obras de soldados que lutam a mesma guerra que eu”, disse sobre sua missão Paulo Bonfá.

Bonfá assume a função pela primeira vez, mas já conhece o Salão há tempos. “Sempre participei do evento como um visitante entusiasmado. Eu ainda era criança quando estive no Salão pela primeira vez. Estava passando férias no Grande Hotel, em Águas de São Pedro, com a família e, num dia de visita a Piracicaba, meus pais me levaram para ver uma exposição de desenhos muito divertidos. Depois disso me tornei um freqüentador regular, mesmo antes de atuar como humorista profissional”, lembra.

Na opinião do jurado, o Salão de Humor de Piracicaba representa a evolução social e política no Brasil. “Por meio do humor, verdades são ditas de uma forma que muitas vezes não se imagina ser possível. Se olharmos o material ano a ano, teremos uma ‘fotografia’ do ambiente político no país desde os tempos da ditadura. E a grande quantidade de trabalhos recebidos do exterior, além de um constante intercâmbio, dão a medida da importância internacional do evento”, analisa.

Para a cartunista colombiana Elena Ospina, que além de participar do júri fará uma mostra paralela, o trabalho será difícil. “O Salão de Humor de Piracicaba é um dos mais antigos e, portanto, um dos mais prestigiados. Por esta razão, os melhores cartunistas participam e, também, um bom número de novos talentos. Com tanta qualidade e variedade creio que será difícil”, avalia.

Carlos Balladas, jornalista e presidente da Adjori (Associação dos Jornais do Interior de São Paulo) chamou a tarefa de escolher os melhores do humor de “responsabilidade tremenda”. “O Salão é a principal expressão do humor. É importante essa crítica. Os humoristas refazem, numa figura, todo o contexto, as angústias e as alegriasda sociedade”, aponta.


PREMIAÇÃO

A edição 2014 do evento vai distribuir no total R$ 51.500 aos vencedores de cada uma das categorias cartum, charge, caricatura e tiras/HQ e dos prêmios Águas do Mirante, Unimed, Câmara Municipal, Alceu MaroziRigheto e Indignação, além do Grande Prêmio, no valor de R$ 10 mil.

HISTÓRIA

O Salão Internacional de Humor de Piracicaba foi criado em 1974, em plena ditadura militar, como forma de protesto, por um grupo de jornalistas, artistas e intelectuais da cidade. Ganhou apoio de grandes nomes do humor gráfico nacional, como Millôr Fernandes, Zélio e Ziraldo, e projetou outros, entre eles Glauco, Angeli, Paulo Caruso, Chico Caruso e Laerte, responsáveis pela criação de desenhos de humor em alguns dos principais veículos impressos do país.

O 41º Salão Internacional de Humor de Piracicaba tem o patrocínio de Águas do Mirante, Unimed, Uniodonto, CCR Autoban, Natura, Arcor, Raízen e Arcelor Mittal.

Deixe um comentário