Meio ambiente inspira mostra paralela no Salão de Humor

O meio ambiente está na pauta mundial e tem sido debatido por especialistas e sociedade civil, que se mostram sensíveis às práticas ecologicamente corretas. O tema também serviu de inspiração para os cartunistas, que encontraram em meio às ações e discursos abordagens bem humoradas. É o que pode ser constatado na mostra O Humor é Verde, paralela do 39º Salão Internacional de Humor de Piracicaba com abertura em 26 de setembro na Faculdade Salesiana Dom Bosco de Piracicaba. As visitas, gratuitas, seguem até 31 de outubro.

Para compor a paralela, os organizadores selecionaram 27 trabalhos em meio aos 57 que foram expostos no Salão Internacional de Humor de Piracicaba em 2010, quando aconteceu a implantação da categoria temática. O meio ambiente serviu como pano de fundo para abordagem dos artistas naquela ocasião, que marcou os 37 anos do evento.

As obras abordam o consumismo desenfreado, a força do capitalismo e a supremacia de algumas marcas, a falta de cuidados com a natureza, a presença da poluição nas grandes cidades, a escassez de água e vários outros problemas enfrentados pela humanidade nos dias atuais. Além de brasileiros, os trabalhos foram produzidos por artistas da Coréia, Azerbaijão, Índia, Indonésia, Ucrânia, China, Bulgária, Irã, Polônia, Grécia, Turquia, Argentina e Montenegro. Há também uma fotografia, de autoria do repórter fotográfico Antônio Trivelin, de Piracicaba.

O diretor do CEDHU Piracicaba (Centro Nacional de Humor Gráfico), Eduardo Grosso, lembra que a linguagem dos trabalhos é a do cartum, uma piada de situação ou, em outras palavras, a piada solta, caracterizada pela atemporalidade. “Artistas gráficos do mundo todo traduziram de forma comovente o grito surdo da mãe natureza diante dos desastres das ações humanas. Mas quando se tem bom humor, a vida pode ser reinventada e ao lado do cinza da destruição é sempre possível vislumbrar um verde de esperança”, destaca.

Esta é a última das 26 mostras paralelas a ser aberta pela equipe do CEDHU Piracicaba, que promoveu, entre agosto e setembro, exposições na Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), Aeroporto Internacional Viracopos (em Campinas), Shopping Piracicaba e Clube Cristóvão Colombo. Até o próximo domingo (30) é possível visitar, no Clube de Campo de Piracicaba, A Arte de Boligan, com cartuns de Angel Boligan, artista cubano radicado no México, que é um dos mais premiados em competições de humor do mundo todo.

Outras mostras continuam em destaque na cidade até 14 de outubro no Restaurante Sal & Grill, Rodoviária Intermunicipal, Hospital Independência, Teatro Municipal Dr. Losso Netto, Biblioteca Municipal Ricardo Ferraz de Arruda Pinto, Sociedade Beneficente Sírio Libanesa, Poupatempo, Casarão do Turismo e Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes. Além disso, o Engenho Central abriga no Armazém 14A seis paralelas e a mostra principal do 39o Salão, com 436 obras de 64 países. Ainda no Engenho, outras mostras estão em cartaz no Armazém Eugênio Nardin (próximo à Passarela Pênsil), Teatro Erotídes de Campos e na sede do CEDHU.

SERVIÇO – Mostra O Humor é Verde, paralela do 39º Salão Internacional de Humor de Piracicaba. De 26 de setembro a 31 de outubro, na Faculdade Salesiana Dom Bosco de Piracicaba (rua Boa Morte, 1835, Centro). Visitas: segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 20h, e aos sábados, das 8h às 11h30. Mostra A Arte de Boligan, no Clube de Campo de Piracicaba (av. Torquato da Silva Leitão, 297). Visitas: segunda à sexta-feira, das 8h às 21h, aos sábados, das 8h às 17h, e aos domingos e feriados, das 8h ao meio-dia, de 12 a 30 de setembro. Mais informações: (19) 3403-2600 e www.salaodehumor.piracicaba.sp.gov.br.

Deixe um comentário