Piracicaba é tema da série Monografias Municipais do IBGE

Monografia Piracicaba

Um resumo geral sobre a cidade de Piracicaba, em diversos aspectos, está disponível no site do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A publicação, em formato de livreto (10,5 x 29,7), faz parte da série Monografias Municipais – Sudeste – São Paulo, e é lançada no ano que a cidade completa um quarto de século. O download do material pode ser feito na biblioteca virtual do IBGE

O projeto Monografias Municipais está em andamento já há algum tempo, mas até agora, apenas 121 cidades – Piracicaba é uma delas – obteve a monografia, segundo informações do Centro de Documentação e Disseminação de Informações do IBGE.

Fácil de manusear, o livreto traz em sua capa uma das flores-símbolo de Piracicaba: o ipê-amarelo. Ao folhear, o leitor terá um panorama completo sobre a cidade. O primeiro aspecto abordado é o histórico. Três páginas foram dedicadas para contar o surgimento de Piracicaba, desde os tempos de povoado fundado pelos Bandeirantes, até a divisão territorial atual, seus bairros e distritos.

Aspectos físicos, como o relevo; ambientais, como o seu bioma, composto por Cerrado e Mata Atlântica, e demográficos, com população estimada – 394,4 mil habitantes – e taxa de crescimento geométrico também constam.

No capítulo dedicado ao transporte, podem ser encontradas as principais rodovias que cortam ou estão próximas a Piracicaba, além da frota de veículos, que hoje já ultrapassa o número de 235 mil. Os empregos formais, as indústrias de extração e transformação, o comércio, a agricultura e a pecuária, entre outros, também são detalhados.

Quando se trata de aspectos sociais, a publicação do IBGE traz o IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal), que é de 0,785, o que coloca a cidade na 53ª posição no Estado, patamar alcançado em 2010. A porcentagem de tratamento de esgoto, abastecimento de água, estabelecimentos de saúde, leitos e profissionais da área de saúde também estão registrados.

Deixe um comentário