Piracicaba sedia seminário regional de implantação do Criança Feliz

Piracicaba sedia amanhã, 20, e quarta-feira, 21/06, das 8h às 17h, na Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba (Fumep), o Seminário de Implantação do Programa Criança Feliz com os Municípios. O evento, que tem organização do Governo do Estado de São Paulo, reunirá prefeitos e técnicos dos municípios da Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social (Drads) Piracicaba. Piracicaba é uma das cidades que aderiu ao programa.

Estará presente para abertura do evento o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro, cuja secretaria é a responsável pela coordenação do seminário.

O evento, conforme, material de divulgação, é a primeira capacitação do programa do Governo Federal e terá como objetivos a sensibilização dos municípios para o desenvolvimento infantil e a importância de ações com foco na primeira infância, por meio de intersetorialidade; o fortalecimento e a oferta de subsídios à diretriz intersetorial do programa, por meio do coordenador municipal e dos comitês gestores municipais; a instrumentalização dos municípios sobre o plano das ações do programa, bem como sobre o uso dos recursos, estruturação da equipe de execução e formas de contratação.

O público-alvo do seminário são os prefeitos, os secretários municipais de assistência social e os técnicos que trabalharão no programa dos 27 municípios da Drads (Águas de São Pedro, Limeira, Analândia, Mombuca, Araras, Piracicaba, Brotas, Pirassununga, Capivari, Rafard, Charqueada, Rio Claro, Conchal, Rio das Pedras, Cordeirópolis, Saltinho, Corumbataí, Santa Cruz da Conceição, Elias Fausto, Santa Gertrudes, Ipeúna, Santa Maria da Serra, Iracemápolis, São Pedro, Itirapina, Torrinha e Leme.

PROGRAMA – O Criança Feliz é um programa do Governo Federal, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, mas com parceria com outros Ministérios, é uma ferramenta para que famílias com crianças entre zero e seis anos ofereçam às crianças ferramentas para promover seu desenvolvimento integral. O programa se concretiza com visitas domiciliares às famílias participantes do programa Bolsa Família.

A equipe intersetorial do programa fará o acompanhamento e dará orientações importantes para fortalecer os vínculos familiares e comunitários e estimular o desenvolvimento infantil. Quem integra a equipe de visitação será capacitado em diversas áreas de conhecimento, como saúde, educação, serviço social, direitos humanos, cultura etc. Para ser atendido pelo programa, é fundamental ter o Cadastro Único atualizado, principalmente quando há grávidas e crianças de até três anos na família.

São objetivos do programa, entre outras ações, a promoção do desenvolvimento infantil integral; o apoio à gestante e à família na preparação para o nascimento da criança e o cuidado da criança em situação de vulnerabilidade até os seis anos de idade.

Deixe um comentário