“Sapucaia da Paz”: o novo nome da praça no bairro Taquaral

Sapucaia

“Sapucaia da Paz” é o nome do livro infantil da escritora Valdiza Capranico – obra que relata a história da emblemática árvore, plantada na esquina da avenida Independência com a rua Moraes Barros, em 1918, logo após o final da Primeira Guerra Mundial. (imagem: reprodução Google)

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), realiza nesta terça-feira (29), às 10h30, evento para oficializar a denominação da praça localizada na entrada do loteamento Campos do Conde Taquaral, no bairro Taquaral. “Sapucaia da Paz” é o novo nome do local

No dia 21 de setembro, em razão do Dia da Árvore, a mesma praça sediou a 41ª edição do Plante Vida – projeto idealizado em 2007, pelo Núcleo de Educação Ambiental (NEA) da Sedema, que prevê o plantio de uma muda de árvore para cada criança nascida nas maternidades do município. Na ocasião, foram plantadas algumas mudas de sapucaia no local e, simultaneamente, houve o lançamento do livro infantil “Sapucaia da Paz”, da escritora Valdiza Capranico, presidente interina do Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba (IHGP).

Nome inspirado em livro infantil

Naquele dia, a partir de conversa entre a autora e o secretário de Defesa do Meio Ambiente, José Otavio Menten, surgiu a ideia de batizar o espaço verde com o nome da obra que relata a história da emblemática árvore – plantada na esquina da avenida Independência com a rua Moraes Barros, em 1918, logo após o final da Primeira Guerra Mundial.

“Aquela árvore centenária é um símbolo da paz, foi plantada pelo meu avô Antônio Capranico. Agora, eu e minha família estamos mais felizes ainda porque a ideia da paz plantada por ele continua se perpetuando pela cidade”, declara Valdiza.

Autora de 14 livros infantis que enaltecem aspectos ecológicos e a necessidade de preservação da natureza, Valdiza salienta que a famosa Sapucaia ganhou o status de Patrimônio Natural e Cultural de Piracicaba no ano de 2004. “Esse título de patrimônio foi outorgado pelo Codepac (Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Cultural) e pelo Ipplap (Instituto de Pesquisas e Planejamento de Piracicaba)”, afirma.

Menten lembra que “a Sapucaia já faz parte da cultura piracicabana”. “Árvore admirada por todos, agora relacionada com a paz, tão importante nos tempos atuais. Este nome fica registrado em uma área pública, homenageando também uma cidadã ilustre de Piracicaba: Valdiza Capranico”, diz o secretário.

A agora denominada praça “Sapucaia da Paz” está situada entre a avenida Luiz Consolmagno Filho e a rua Padre Bruno Boschetti. O vereador Capitão Gomes foi o autor da propositura (Projeto de Lei Nº 169/2020) que sugeriu a denominação do espaço público.

Deixe uma resposta