Semana de Cultura Artística

Exposição sobre Alcântara Machado abre na Biblioteca – foto DivulgaçãoAtividades de dança, história, literatura e homenagens integram a 4ª Semana de Cultura Artística, que acontece em Piracicaba entre os dias 17 e 19 de outubro, em três espaços diferentes da cidade. As ações são promovidas pela Cultura Artística, entidade sem fins lucrativos criada há 92 anos em prol da valorização e do incentivo às manifestações culturais. A entrada é gratuita.

Às 19h desta terça-feira, 17, no Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes, há o lançamento de A arte de uma vida, catálogo de 28 páginas que traz as principais obras de Eugênio Nardin, pintor, músico, entalhador, restaurador e projetista que morreu aos 88 anos, em 2009. A Cultura Artística convidou o poeta e cronista Esio Antonio Pezzato para participar de bate-papo sobre a trajetória do artista.

Eugenio Nardin começou a pintar aos 15 anos, como aluno de Frei Paulo Maria de Sorocaba. Projetou diversas igrejas de Piracicaba (Coração de Maria, Santa Teresinha, São Dimas, Capela de São José do Lar dos Velhinhos), além da Catedral do Alto Solimões, no Amazonas. Desenhou e executou, como entalhador, portas de moradias e de igrejas, e móveis para residências. Fez parte, como violinista, da Orquestra Sinfônica de Piracicaba. Ao lado de outros artistas, participou da concepção do que é hoje o Salão de Belas Artes, batalhou para a construção da Pinacoteca e fez parte do grupo de fundação da Apap (Associação Piracicabana dos Artistas Plásticos).

Na quarta-feira, 18, às 15h, a Biblioteca Pública Ricardo Ferraz de Arruda Pinto concentra duas ações. A abertura da mostra Legado das Letras Piracicabanas, composta por trechos do livro Vida e Morte do Bandeirante, de Alcântara Machado, com ilustrações de Diógenes Moura. No mesmo espaço ocorre o lançamento da 10ª Revista de Cultura Artística, que traz o texto Festa do Divino, Obra de Arte Trágica, de autoria da professora Marly Therezinha Germano Perecin, doutora em história social do Brasil.

No encerramento das ações, às 20h de quinta-feira, 19, a Cultura Artística traz o espetáculo de dança Poeta de Som, pelos bailarinos do Studio 415. Criada em 1999 em homenagem ao compositor Erotídes de Campos, a montagem é fruto de parceria entre Adriana Dedini Ricciardi e Nina Guidotti. Utilizando de figurinos atuais, a peça faz uma leitura original dentro da linguagem coreográfica e ao mesmo tempo mantém o romantismo peculiar das obras de Erotídes de Campos.

Segundo o presidente da Cultura Artística, Milton De Mori, a programação da Semana de Cultura Artística foi concebida para privilegiar diferentes áreas artísticas. “No ano passado, nosso catálogo homenageou o pintor, desenhista e ilustrador Angelino Stella. Desta vez, assim que começamos a pensar em algum nome, o de Eugenio Nardin foi unanime, por ser considerado um artista completo. Além disso, incluímos o espetáculo Poeta do Som, que sempre é apresentado em outubro, na Semana Erotídes de Campos”, declara De Mori, que também é coordenador CoMCult (Conselho Municipal de Política Cultural).

Mori destaca ainda a importância da Revista de Cultura Artística, que tem contribuído, ao longo dos anos, com a preservação da memória e da história da cultura local, sempre com a participação de membros da comunidade acadêmica ou agentes culturais de atuação expressiva na cidade. “Piracicaba, como celeiro das artes, precisa de uma fonte documental de pesquisa, sendo essa a principal contribuição da revista.”

HISTÓRIA – Segunda entidade do gênero com maior tempo em atividade no país, a Cultura Artística foi fundada em 1925, pelo professor e maestro espanhol Fabiano Lozano, com o objetivo de promover recitais e eventos culturais. No passado, graças ao trabalho da entidade, a cidade recebeu apresentações dos pianistas Magdalena Tagliaferro, Antonieta Rudge e Guiomar Novaes, dos maestros e compositores Villa-Lobos e Camargo Guarnieri, da cantora Bidu Sayão, além de Mário de Andrade, Coelho Neto, Martins Fontes e Guilherme de Almeida.

Sua reestruturação recente é marcada pela renovação do título de utilidade pública no CoMCult  e a garantia de recursos da Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo (SemacTur). As atividades da Semana de Cultura Artística são coorganizadas pela Prefeitura do Município de Piracicaba, Serviço de Cultura e Extensão da Esalq/USP, Apap (Associação Piracicabana dos Artistas Plásticos) e Orquestra Sinfônica de Piracicaba.

SERVIÇO – 4ª Semana de Cultura Artística, de 17 a 19 de outubro, no Museu Prudente de Moraes (rua Santo Antônio, 641, Centro), Biblioteca Municipal de Piracicaba (rua Saldanha Marinho, 333, Centro) e Teatro Erotídes de Campos (Avenida Maurice Allain, 454, Engenho Central). Entrada gratuita. Informações: Facebook Cultura Artística Piracicaba.

Deixe um comentário