Clássico do cinema

morangos

Divulgação

Que tal assistir um clássico do cinema universal e de graça? A dica então é ir ao Sesc Piracicaba, que às 20h desta terça-feira exibe Morangos Silvestres. A apresentação faz parte do ciclo dedicado ao cineasta sueco Ingmar Bergman.

Bergman estava num momento inspirado há 60 anos, pois em 1957, também O Sétimo Selo, outro filme que até hoje figura na lista de obras-primas. Em Morangos Silvestres, ele reflete sobre a passagem do tempo, tanto que uma das cenas mais marcantes mostra o personagem principal vendo uma grande quantidade de relógios inúteis, sem ponteiro.

Ele é o professor Isak Borg (Victor Sjostrom, diretor dos tempos do cinema mudo), que faz uma viagem de carro para receber uma homenagem numa universidade. Acompanhado da Nora, ele encontra pessoas pelo caminho que o fazem refletir a respeito da vida que levou. Quando chega ao destino, precisa enfrentar a frieza do filho, de quem sempre foi distante. O Sesc fica à Rua Ipiranga, 155, e o telefone é 3437-9292. A entrada é franca.

Deixe um comentário