Flagrantes da escravidão

trabalho-escravo-mos-1-laur

Câmara dos Vereadores

O trabalho escravo, que está sendo comentado como nunca no país, é o tema de uma exposição em cartaz no saguão da Câmara de Vereadores de Piracicaba. Com o título Trabalho Escravo – Realidade Oculta, a mostra traz 22 imagens em preto e branco. É uma parceria com o Sinait (Sindicato Nacional de Auditores do Trabalho.

As imagens destacam cenas tristes como colchões rasgados, barracos de lona servindo como casa, água barrenta para beber, mãos cortadas de tanto trabalhar. São situações vividas cotidianamente por mais de 150 mil trabalhadores de vários estados que estão em situação análoga a dos tempos da escravidão.

“Essa mostra prova que o trabalho escravo não é invenção da categoria e muito menos que os auditores fiscais realizam o trabalho de forma subjetiva”, diz o auditor fiscal Rodrigo Iquegami, representante do Sinait. Está em cartaz, sem data definida para encerrar, à Rua Alferes José Caetano, 834. A entrada é gratuita e o período de visitação vai de segunda a sexta, das 8h às 17h. Telefone para informações: 3403-6500.

Deixe uma resposta