Suspense gelado

nieve-negra-1

Netflix

Além do futebol, a rivalidade entre Brasil e Argentina já acontece há algum tempo no cinema. E, não dá para ser patriótico, eles estão levando vantagem. Não apenas em reconhecimento internacional (já levaram dois Oscar de filme estrangeiro, por A História Oficial e O Segredo dos Seus Olhos), mas por criarem um tipo de produção em que não engrenamos.

Nossos irmãos são bons no suspense e no drama intimista, como é o caso de Neve Negra, que vem provocando elogios ou críticas um tanto ressentidas. A trama é ambientada num canto gelado da Patagônia, onde se reencontram dois irmãos, Salvador e Marco, interpretados por Ricardo Darin e Leonardo Sbaraglia, os dois atores mais famosos da Argentina.

Marco vem para resolver a questão da venda de uma propriedade após a morte do pai, e Salvador vive recluso. A relação deles é meio Caim e Abel, mas ainda existem o irmão caçula, morto misteriosamente, e a única irmã, que enlouqueceu. A narrativa tem o toque de frieza que pede o ambiente, e se desenvolve de maneira lenta e um tanto aflitiva. Pena que o final seja um tanto frustrante, já que o segredo nem é tão chocante.

Deixe um comentário