Imaginação de ouro

sonho

Editora Leya

Não existe autor mais pop no Brasil do que George Raymond Richard Martin, ou mais simplesmente George R.R. Martin, fisicamente um americano gordo e bonachão de 68 anos. Ele ocupa metade da lista de 10 livros mais vendidos da revista Veja com os cinco volumes das Crônicas de Gelo e Fogo (A Guerra dos Tronos, A Fúria dos Reis, A Tormenta de Espadas, O Festim dos Corvos e A Dança dos Dragões).

E qual a razão de tanto sucesso? Porque foram esses livros que deram origem a Game of Thrones, a série que mais empolga espectadores em todo o mundo e tem fãs que esperam as novas temporadas a cada ano. O fenômeno fez com que outros livros de Martin fossem editados no Brasil.

Em Sonho Febril (Editora Leya, 259 página, R$ 34,90), publicado originalmente nos anos 80 nos Estados Unidos, Martin escolhe a lenda dos vampiros para destilar sua imensa imaginação (e como negar isso, ao ver a série?). A história se passa na metade do século 19, no Mississipi, quando Abner Marsh, um comandante de barco que navega pelo rio, recebe uma encomenda de um estranho senhor, Joshua York. Ele oferece sociedade para a construção de um novo barco, o Sonho Febril do título. Pálido e cheio de mistérios, ele faz poucas exigências, o que deveria gerar desconfianças de Abner. Logo ele se vê no centro de uma trama sobrenatural. Martin vai construindo a história aos poucos e só mergulha no terror depois da metade da trama, que cria com muito engenho.

CS 67 26th October 2010

George R. R. Martin

Deixe um comentário