Um piracicabano na Academia Parisiense de Inventores

Evaristo_Conrado_Engelberg

Foto: Wikipedia

Um dos pais da indústria piracicabana – e, portanto, de São Paulo, já que Piracicaba foi a cidade pioneira na industrialização – foi Evaristo Conrado Engelberg, que acabou inventando e produzindo máquinas que levaram o seu nome, as “máquinas Engelberg”. A primeira de suas invenções foi uma máquina de descaroçar café e algodão, que ficou célebre na época.

No ano de 1890 – com informação que circulou no dia 6 de agosto – o piracicabano Evaristo Conrado Engelberg foi nomeado membro correspondente da Academia Parisiense de Inventores, recebendo uma medalha de ouro por seus inventos. O curioso é que, há mais de 100 anos, as relações de Piracicaba com a França eram mais constantes do que neste século, a não ser, obviamente, com os turistas. Na histórica Exposição de Paris de 1900 – para a qual foi construída a Torre Eiffel – os Engelberg participaram com produtos piracicabanos.

Deixe uma resposta