A bandeira e o brasão

Autor: Cecílio Elias Netto

Até o ano de 1952, Piracicaba tinha um brasão ainda indefinido e a bandeira dava margem a discussões e debates. Foi no governo municipal do prefeito Samuel de Castro Neves que se deu a institucionalização dos símbolos. Pela lei nº301, de 17 de junho de 1952, que também instituiu o dia 1º de agosto como “Dia de Piracicaba”, foi instituído o brasão . E, pela lei nº 381, de 2 de outubro de 1953, criou-se oficialmente a bandeira, que passou a ter as seguintes características : “O seu campo será em verde veronese, tendo no seu centro o seu brasão de armas, abrangido por um círculo em branco.”

 

 

 

 

 

Quanto ao brasão, as comemorações do bicentenário de Piracicaba, em 1967, levaram a novos estudos, durante o governo municipal de Luciano Guidotti, sendo o artista plástico Archimedes Dutra o responsa´vel pelos estudos e pela consecução do símbolo. Aprovados os estudos, o brasão foi alterado pela lei nº 1.491, de 3 de julho de 1967.

Deixe um comentário