Bidu Sayão, encantando os piracicabanos

O teatro Santo Estevam, a Sociedade de Cultura Artística, o surgimento do teatro São José, as récitas no Cine Politeama, o advendo do cinema falado…

A crônica da época conta dessa atividade que, semanalmente, agitava a cidade. A cantora lírica Bidu Sayão – que se tornaria patrimônio cultural brasileiro – esteve apresentando-se em Piracicaba em 1930. A foto da grande artista foi oferecida, no dia 8 de outubro de 1930, à escritora Jaçanã Altair Pereira Guerrini. (Do acervo da família Guerrini)

Deixe um comentário