Cabeludos impediram o trânsito para ver Roberto Carlos

Foi em janeiro de 1966. Em plena era da Jovem Guarda, o trânsito de Piracicaba parou na região central, especialmente na Rua Benjamin Constant invadida, segundo os jornais, por “garotinhas de 12 a 16 anos e rapazes muito cabeludos de 14 a 18 anos”.

Todos queriam assistir aos dois shows do cantor Roberto Carlos, trazido à cidade pela Rádio Voz Agrícola, para apresentações no Cine Palácio. As duas sessões tiveram sua lotação esgotada e, segundo as notícias, a primeira delas, que deveria começar às 21:15 horas, por problemas técnicos, só foi iniciada às 23:00 horas.

O ano foi movimentado também para os que gostavam de samba. Um dos bailes pré-carnavalescos, promovido pelo Clube Cristóvão Colombo, foi animado pela cantora Elza Soares.

Deixe um comentário