Diversão para piracicabano em 1940

No primeiro domingo de 1940, a grande novidade de Piracicaba foi um “jantar dançante com “óptimo jazz”. Tratava-se de uma nova opção de lazer na cidade, oferecida nos “suntuosos salões do Clube Piracicabano”, entre 19:00 e 1:00 hora, ao preço de 10$00 por pessoa.

Nos cinemas, a chamada “soirée” acontecia às 8:00 horas, no Cine Broadway, que também promovia sessões especiais para as moças. Naquela semana, tanto o Broadway como o Cine São João tinham o mesmo filme em cartaz: “Espírito do dever”, mas a grande atração era anunciada para as semanas seguintes, quando chegaria à cidade “Vitória Amarga”, com Bette Davis.

Para ir em busca de divertimentos mais diversificados, o transporte para São Paulo que se sugeria envolvia ônibus e trem. De ônibus, até Limeira, tomando-se o horário das 9:00 horas, gastava-se uma hora. Era possível, então, se fazer baldeação e tomar-se o trem que partia às 10:50 horas para a capital. Quando o destino era o interior do Diversão para piracicabano em 1940 Estado, a opção era também o ônibus das 9:00 horas, que permitia a chegada a Limeira em tempo de se tomar o trem do aço, às 10:20 horas, com destino a Araraquara, Barretos e com baldeação em Itirapina para quem tivesse como destino Agudos, Bauru ou Jaú.

Deixe um comentário