Homenagem às Vereadoras de Piracicaba

laurisa 1A Câmara de Vereadores de Piracicaba, nos seus 190 anos de existência, contou com a participação de apenas 10 vereadoras. Já passaram pela casa de leis, aproximadamente, 500 vereadores. 10 mulheres num universo de 500 homens, o que representa apenas 2%. Na legislatura atual, contamos com 22 vereadores e uma vereadora.

A participação da mulher na política vem aumentando; contamos atualmente com uma presidente mulher. Mas ainda, em nossa cidade, essa participação precisa aumentar, e as mulheres precisam incentivos.

Neste mês, em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, é importante conhecermos e valorizarmos o trabalho das mulheres que se dedicaram e se dedicam à política em nossa cidade, resgatando um pouco da história destas, que ocuparam a cadeira do poder legislativo.

Foram Vereadoras em Piracicaba:

Adeli Bacchi Dias de Morais e Silva – Vereadora na Gestão 1983 – 1988. Grande capacidade de mobilizar pessoas. Ingressou na política através dos movimentos em defesa do consumidor. Participou da elaboração da Cartilha Nacional de Defesa do Consumidor. Foi a 1ª Presidente do PSDB de Piracicaba.

aparecida 1Aparecida Gregolin Abe – Vereadora na Gestão 2001 – 2004. Elegante e firme. Fez carreira no banco do Brasil. Foi Vereadora, 1ª Secretária da Mesa Diretora e Secretária Municipal da Cultura.

Esther Sylvestre da Rocha – Vereadora na Gestão 1993 – 1996. Guerreira e muito engajada. Professora de história, fez parte da mesa diretora da Câmara. E foi a primeira mulher a disputar eleições para a prefeitura em 1996.

Esther Sylvestre da Rocha

Esther Sylvestre da Rocha

Ivete Cipulla de Souza Madeira – Iniciou como Vereadora na legislatura de 1997. Acolhedora. Era uma pessoa que estava sempre preocupada com os problemas sociais e os menos favorecidos. Atendia a todos com muita atenção.

Laurisa Maria Jorge Cortellazzi – Vereadora na Gestão 2001 – 2004 . Tem a calma, atenção e a paciência que todo médico deveria ter. Como médica pediatra e vereadora, sempre esteve atenta às demandas de saúde e do bem estar da criança e do adolescente. Foi responsável pela implementação da Semana Municipal do Aleitamento Materno.

Maria Benedita Pereira Penezzi – Essa tem história. Carinhosamente chamada de “Ditinha”, quebrou vários paradigmas – mulher, negra, doméstica. Foi a primeira vereadora de Piracicaba em 1960. Estudou, virou advogada. E ficou conhecida em todo Governo do Estado de São Paulo por sua forma firme de fazer política. Defendia Piracicaba com unhas e dentes.

Ditinha Penezzi

Ditinha Penezzi

Raimunda Ferreira de Almeida – Vereadora na Gestão 1993 – 1996. Com grande competência e firmeza, participavou ativamente dos grandes debates da Câmara. Contribuiu com a elaboração da Lei Orgânica Municipal. E hoje, exerce o cargo junto ao Governo Federal, de Diretora-Geral Adjunta da Escola de Administração Fazendária – ESAF, do Ministério da Fazenda.

Rosângela Maria Rizzolo Camolese – Competente e ótima gestora. Eleita Vereadora na Gestão 2009 – 2012, tomou posse e licenciou-se para assumir a Secretaria de Ação Cultural. Sua formação e interesses ecléticos foram base para a competência de sua gestão como educadora e Secretária Municipal. Acumula diversas conquistas na sua pasta.

Teresa Cardoso

Teresa Cardoso

Tereza Cardoso Neves – Com sua simplicidade e carisma, fez parte da Câmara na gestão 2001-2004. Participando de importantes movimentos ligados ao meio ambiente como o Carioba II.

 

E por fim…

 

Márcia Gondim Carneiro da Cunha e Dias Pacheco – Firme, Rígida e Justa. Está no seu sexto mandato: ingressou na legislatura de 1993. É a mulher que permaneceu mais tempo no cargo de vereadora e a única presente nesta legislatura. Números que por si só já a fazem entrar para a história. Como médica, atende nos bairros distantes do centro e conhece a realidade de perto, o que a motivou a ingressar na vida política e colaborar para a transformação social da população mais carente. Na Câmara atual, além de representar a voz das mulheres, possuí uma atuação ampla, digna de destaque.

Márcia Pacheco

Márcia Pacheco

O que todas essas mulheres têm em comum, além de serem vereadoras? São mulheres que venceram barreiras. Sem deixar de lado a delicadeza própria de seu ser, lutaram bravamente por seus ideais e transformaram o mundo em sua volta.

Precisamos cada vez mais de mulheres assim. Por isso, não podemos deixar de evidênciar a importância da existência dessas mulheres em nossa sociedade. Mulheres que em nenhum momento deixaram de lado seu papel de esposa, mãe ou filha. Pelo contrário, ao longo dos anos elas aprenderam a exercer multiplos papéis, superando obstáculos, quebrando preconceitos e demonstrando muita competência e profissionalismo.

Devemos reconhecer, através da figura de nossas vereadoras, as lutas de todas as mulheres do nosso Brasil, que diariamente batalham pela família, pela educação e pela criação de seus filhos, além de seu espaço no mercado de trabalho. São verdadeiras guerreiras.

A todas vocês nosso respeito, admiração e reconhecimento.

 

Deixe um comentário