Jardim público com grades

A Praça José Bonifácio, coração de Piracicaba, teve muitas faces, muitos desenhos, alguns deles registrados em fotos, como à época que ganhou uma nova fonte, pelas mãos de Jorge Pacheco Chaves, ou quando servia de moldura ao Edifício Comurba.

Mas em épocas mais remotas, ainda ao início do século, as descrições dos jornais locais dão conta do espaço ainda chamado como “jardim público”, limitado por uma cerca de sarrafos, de um metro e um palmo de altura. As entradas no local se davam pelas laterais: um portão dava frente para a rua Santo Antônio, outro diante da Matriz. As grades eram pintadas de verde, a óleo.

E, pelas árvores de um bosque ali existente, espalhavam- se animais, como um bicho-preguiça e pavões. Por sua causa proibia-se a entrada de cachorros, mesmo que acompanhado por seus donos.

Os portões eram fechados, diariamente, às 21:00 horas, para evitar que vagabundos pernoitassem pelos bancos.

Deixe um comentário