Nos anos 50, no inverno, a campanha da flanela

Ao início de cada inverno, ainda ocorre atualmente de várias entidades promoverem campanhas de arrecadação de agasalhos. Na década de 50 do século XX, entretanto, Piracicaba foi objeto de uma campanha um pouco diferente: tratava-se da campanha da flanela, que pedia doações do tecido para serem encaminhadas ao Lar Escola Coração de Maria Nossa Mãe.

A iniciativa foi tão bem sucedida que a arrecadação chegou a 402 metros de flanela e mais CR$ 2.305,00 para aquisição de outra quantidade de tecido. A maior doação registrada coube a Maria Neide Cardinalli, que doou 250 m. Era uma época em que campanhas que poderiam parecer inimagináveis atualmente também aconteciam com sucesso.

Em 1955, durante as solenidades de inauguração do prédio próprio do Grupo Escolar Prof. João Alves de Almeida, em Tanquinho, lançou-se um livro de ouro para se garantir a sopa dos alunos. A adesão foi suficiente para que a alimentação pudesse ser oferecida durante todo o ano.

Deixe um comentário