Os Krahenbühl

krahenbuhl

Operários da Fábrica Krahenbühl

O suíço Pedro Krahenbühl chegou ao Brasil com 2.600 contos de réis no bolso, a mulher, Bárbara, e dois filhos pequenos. A história dessa família, pioneira da industrialização em Piracicaba, foi tema de uma matéria de destaque publicada no semanário impresso A Província em novembro de 1987.

Krahenbühl desceu no porto de Santos, atravessou a Capital em lombo de burro, único meio de transporte da época, até chegar ao sertão paulista, como chamou Piracicaba. Não gostou do lugar, o achou muito primitivo, mas mesmo assim decidiu ficar por aqui, onde teve mais seis filhos.

Aqui montou uma oficina, em 1870, que construía carroças. Logo criava competição com carros de boi, então os mais usados nas ruas da pequena cidade. Veio depois a loja de ferragens e então a metalúrgica, numa trajetória de progresso constante de quase 150 anos.

Deixe um comentário