Promesssas de campanha

Em 1948, quando assumiu a Prefeitura de Piracicaba, Luiz Dias Gonzaga teve como primeiro ato oficial, a autorização para abertura de uma rifa de um automóvel Chevrolet tipo 1947, que era de uso privativo do prefeito. Como ele mesmo indicava no ato oficial, datado de 2 de janeiro de 1948, tratava-se de “uma promessa de campanha” e o valor auferido com a iniciativa seria destinado para a compra de uma ambulância que garantisse o atendimento médico à população da zona rural.

No mesmo dia, ele ainda enviou ofício ao delegado regional de polícia, Mario Góes Calmon de Brito, pedindo auxílio, já que uma das preocupações máximas do governo que se iniciava seria “desenvolver uma campanha sem quartel ao câmbio negro, tarefa que somente poderia levar adiante com o auxílio de V. Sa”. À época, tanto alimentos quanto produtos como o cimento e os fósforos estavam racionados. O óleo de cozinha, por exemplo, só era distribuído à população mediante cupons mensais destinado às famílias, estando proibida a sua venda pelo varejo.

Deixe um comentário