Receita de publicidade eficiente

O jornal “A Gazeta”, que circulava às terças, quintas e sábados e que, em 1882, muitas vezes lamentava não ter espaços para publicar todos os anúncios enviados para algumas edições, registrou o que considerava o melhor método para que comerciantes tivessem retorno para suas publicidades.

As sugestões são de 1883. “Quantas vezes deve ser publicado um anúncio? Da lº vez, o assinante não vê o anúncio. Da 2º, o vê, mas não lê. Da 3º, lê. Da 4º, pensa sobre ele. Da 5º, conversa com a mulher. Da 6º, resolve comprar. Da 7º, compra. Conclusão: um anúncio para produzir todo o efeito deve ser publicado pelo menos sete vezes”.

Naqueles anos, antes que viesse a libertação dos escravos, entre os anúncios publicados pelo jornal, oferecia-se, por exemplo, amas de leite. O texto de um deles, de 1883, tem o seguinte teor: “Aluga-se ou vende-se uma excelente ama de leite. Também cozinha e engoma perfeitamente. Prefere-se vender. Quem precisar informe-se nesta tipografia, onde se acham autorizados a indicar quem são os proprietários”.

Deixe um comentário