“Voluntários de Piracicaba”

Em muitas cidades brasileiras há uma rua denominada “Voluntários da Pátria”. Em Piracicaba, há a rua “Voluntários de Piracicaba”. Piracicabanos de muitas gerações não sabem, no entanto, qual é esse “voluntariado” piracicabano. Houve “voluntários” do quê, para quê?

Trata-se de homenagem aos piracicabanos que, voluntariamente, foram participar da Guerra do Paraguai. Havia pessoas recrutadas; outras que, por estímulo oficial, iam voluntariamente, estimuladas. Em 2 de outubro de 1866, a Câmara Municipal de Piracicaba oferecia um prêmio de “800 réis para os primeiros oito voluntários piracicabanos”. O Almanak de Piracicaba de 1900, no entanto, registra apenas a existência de cinco voluntários: Vieira, Belisário, João Julião, Joaquim Antonio Matoso e Fortunato de Campos Freire. Vieira foi capitão e Campos Freire, major. São eles cós “voluntários de Piracicaba”, que se tornaram nome de rua.

 

 

Deixe um comentário