Ave Maria

[audio https://www.aprovincia.com.br/core/wp-content/uploads/antigo/2012/09/44acf710a9e1c5867833e1d4bd3318aa.mp3]

Foto: Maria Emilia/Olhares

Cai a tarde tristonha e serena,
Em macio e suave langor,
Despertando o meu coração
A saudade do primeiro amor.
Um gemido se esvai lá no espaço,
Nessa hora de lenta agonia,
Quando o sino saudoso murmura,
Badaladas da Ave Maria,
Sino que tange com mágoa dorida
Recordando os sonhos da aurora da vida
Ah! Dai-me ao coração paz e harmonia
Na prece da Ave Maria.
No alto do campanário,
Uma cruz simboliza o passado
D´um amor que já morreu,
Deixando um coração amargurado.
Lá no infinito azulado,
Uma estrela formosa irradia
A mensagem do meu passado
Quando o sino tange, Ave Maria!

Autoria: Erotides de Campos, Voz: Débora Letícia Batista e Sonia Carmela Falci Dechen, Teclado: Cíntia Pinotti
Projeto Centenário – ADEALQ

1 comentário

  1. João Modesto de Abreu Junior em 03/06/2015 às 16:49

    Muito obrigado. Vcs são uns anjos. Despertaram muitas saudades.

Deixe uma resposta para João Modesto de Abreu Junior Cancelar resposta