“Cadê o toucinho daqui?”

Parlendas e brincadeiras infantis não podem desaparecer na poeira do esquecimento. São tesouros culturais, partes fundamentais de um folclore a que todas as gerações têm direito. Na secção Folclore, de A PROVINCIA, continuaremos o garimpo de recuperar jóias dessa cultura brasileira.

Esperamos que os leitores nos ajudem, enviando-nos contribuições dessa riqueza folclórica.

 O TOUCINHO

– Cadê o toucinho daqui?
– O gato comeu.
– Cadê o gato?
– Foi pro mato.
– Cadê o mato?
– O foto queimou.
– Cadê o fogo?
– A água apagou.
– Cadê a água?
– O boi bebeu.
– Cadê o boi?
– Está carreando o trigo.
– Cadê o trigo?
– A galinha espalhou.
– Cadê a galinha?
– Está botando ovo.
– Cadê o ovo?
– O frade bebeu.
– Cadê o frade?
– Está rezando missa.
– Cadê a missa?
– O povo escutou.
– Cadê o povo?
– Saiu por aí, saiu por aí.

Deixe um comentário