Casa da Mãe Joana

Expressões populares

“Casa da Mãe Joana – É uma das mais antigas e conhecidas expressões para se referir a lugar de bagunça, onde qualquer pessoa entra pensando estar na própria casa, onde há desordem, excesso de liberdade.

A expressão nasceu de Joana, rainha de Nápoles e condessa da Provença (1326-1382). Por questões políticas, refugiou-se em Avignon e resolveu regulamentar os bordéis da cidade, que eram muitos. Entre os artigos dos estatutos, estabeleceu que as casas tivessem “uma porta por onde todos entrarão”. O local se tornou conhecido como “Paço da Mãe-Joana”, expressão levada para Portugal como “casa aberta para toda a gente”. No Brasil, tornou-se “Casa da Mãe Joana”.

Piracicaba parece ser, para alguns, essa “Casa da Mãe Joana”, pois, nas esquinas, o cidadão não tem mais sossego, abordado por panfletagens, flanelinhas, ambulantes.

Deixe um comentário