Campanha irregular do XV em 1959

O XV de Novembro de Piracicaba passou uma temporada nada boa em 1959. Apenas conseguiu evitar o perigo do rebaixamento, delineando desde seus primeiros movimentos no certame, quando eram patentes as suas poucas possibilidades técnicas em torno de uma campanha das melhores.

Foi um ano de inteiro sofrimento para a gente quinzista, que permaneceu totalmente apreensiva em todos os compromissos do clube, perfeitamente ciente das condições técnicas da equipe. Em poucos momentos demonstrou o XV de Novembro possibilidades de reação e se não o fizesse e a estas horas estariam todos amargando uma posição indesejável de seu clube do coração no conceito futebolístico bandeirante. Somente definiu a sua posição em seu compromisso final e aí já está perfeitamente identificado o que foi a sua campanha. Teve que lutar bravamente até a última batalha, a fim de se safar da degola fatal. Somou o alvinegro erros sobre erros. Desde a sua parte administrativa até a técnica, estes em consequências daqueles. Se para muitos constitui uma glória evitar o rebaixamento, como realmente aconteceu com diversos clubes integrantes da primeira divisão de profissionais, para nós não. Uma agremiação, acima de tudo, deve demonstrar a sua força lutando para se engrandecer, para se destacar, para se sobrepor tecnicamente, enfim, não se constituir em peso morto, revelando mais esforços apenas quando as cordas lhe apertam o pescoço.

A posição que o XV de Novembro teve em 1959 não engana ninguém. Um oitavo lugar que deve ser considerado inexpressivo, somente conquistado dada à fragilidade ainda mais acentuada de seus co-irmãos que lhe ficaram atrás.

Sentir-nos-íamos muito mais felizes se pudéssemos nesta oportunidade elogiar fartamente a campanha quinzista. Não com o elogio fácil, mas que destacasse merecidamente o papel do clube no torneio.

Muitos atentam para a dificuldade do certame, bastante árduo, espinhoso. Mas o foi para todos e se não houve, na realidade, uma agremiação completa já que todas tiveram seus maus momentos, mesmo os líderes, a verdade é que tais atenuantes não modificam nosso ponto de vista.

Esperamos que a campanha tenha servido de um alerta à gente quinzista e que não sejam os mesmos erros acumulados em nova jornada, deixando, inclusive, de existir as brigas internas, que só servem pare denegrir um pugilo de desportistas que, acima de tudo, deve cerrar fileiras em torno do clube que representa a célula viva dos desportos piracicabanos.

 

A CAMPANHA EM NÚMEROS

Eis os dados numéricos da campanha do XV de Novembro de Piracicaba no certame paulista de futebol, de 1959:

Jogos realizados1º turno

A.A. Ponte Preta O x XV de Piracicaba O

XV de Piracicaba O x Ferroviária 1

América O x XV de Piracicaba O

Palmeiras 2 x XV de Piracicaba 1

XV de Piracicaba 1 x Comercial (RP) O

Nacional 3 x XV de Piracicaba 1

XV de Piracicaba 6 x XV de Jaú 5

São Paulo 5 x XV de Piracicaba O

XV de Piracicaba 2 x Guaraní 2

Botafogo O x XV de Piracicaba O

Santos 4 x XV de Piracicaba O

XV de Piracicaba 3 x Juventus 5

Portuguesa santista 2 x XV de Piracicaba O

XV de Piracicaba 1 x Corintians O

Noroeste 1 x XV de Piracicaba 1

XV de Piracicaba 3 x Taubaté 1

Comercial (SP) O x XV de Piracicaba, O

XV de Piracicaba 1 x Jabaquara 1

XV de Piracicaba 4 x Portuguesa de Desportos 2

 

2º Turno

Ferroviária 2 x XV de Piracicaba O

XV de Pirac:caba 1 x Palmeiras O

Taubaté 2 x XV de Piracicaba O

XV de Piracicaba 2 x São Paulo 2

XV de Piracicaba 2 x Santos 5

XV de Piracicaba 2 x Botafogo 2

XV de Jaú 1 x XV de Piracicaba O

Juventus 3 x XV de Piracicaba O

XV de Piracicaba 5 x Nacional 2

XV de Piracicaba 2 x Ponte Preta 1

Guaraní 3 x XV de Piracicaba 2

Comercial (RP) 1 x XV de Piracicaba 1

XV de Piracicaba 3 x América O

Jabaquara 3 x XV de Piracicaba 1

Noroeste 3 x XV de Piracicaba 1

XV de Piracicaba 4 x Comercial (SP) 1

Corintians 1 x XV de Piracicaba O

Portuguesa de Desportos 3 x XV de Piracicaba 1

XV de Piracicaba 3 x Portuguesa santista 0

 

Jogos disputados … 38

Vitórias … 11

Empates … 10

Derrotas … 17

Classificação por p.g … 8º (32)

Classificação por p.p … 8º (44)

 

Artilheiros

Nilo …………… 17 gols

Vilalobos . . . . . . 8 gols

Oraci e Pita ….. 5 gols

Alfredinho e Gatão …. 4 gols

Marin …….. 3 gols

Nelsinhoe Xixico …….. 2 gols

Bastos e Foguinho ……. 1 gol

Antonio Julião e Guilherme (contra) …. 1 gol

Marcadores contra – Pepino e Cardinalli, 1 gol cada

 

Goleiros vazados

Fernandes … 28 (21 partidas)

Orlando … 23 (14 partidas)

Canarinho … 17 (3 partidas)

Clélio . . . 1 – (18′ de uma partida)

 

Tentos marcados no certame … 54

Tentos contra … 69

Saldo desfavorável … 15

Jogador expulso de campo – Alfredinho – 1 vez

Deixe um comentário