Conheça Anhembi

Histórico
Anhembi foi um arraial fundado pelos bandeirantes, à margem do rio Tietê. A primeira denominação da localidade foi Freguesia Capela Nossa Padroeira do Arraial, através da lei provincial n.º 3, de 20 de fevereiro de 1866, quando ainda era ligada administrativamente ao município de Botucatu.

A região, por onde passa o rio Tietê, era caminho para os viajantes e tropeiros em direção ao Paraná, que atravessavam transportando os produtos para o comércio interestadual.

Elevado à categoria de Vila com a denominação de Nossa Senhora dos Remédios da Ponte do Tietê, pelo decreto-lei estadual n.º 158, de 15 de março de 1891, desmembrando-se de Botucatu.

A denominação de Anhembi foi dada pelos indígenas que chamavam o rio Tietê de Anhembi que em português significa rio dos Inhambus; esta foi a origem do nome da cidade.

Formação Administrativa

A Vila de Nossa Senhora dos Remédios passou a denominar-se Anhembi, através da Lei Estadual nº 1.021, de 06 d novembro de 1906.

Elevado à condição de cidade, pela lei estadual nº 1.038, de 19 de dezembro de 1906.

Pelo decreto nº 6.450, de 12 de junho de 1934, o município de Anhembi passou a denominar-se Pirambóia. Denominação que durou até 1948, quando por força do decreto-lei Estadual n,º 233, de 24 de dezembro de ­1948, o nome da cidade foi alterado de Pirambóia para Anhembi.

Cidade: Anhembi
Fundação: 15 de abril de 1891 (121 anos)
População: 5.653 habitantes
Área: 737 km²
Gentílico: Anhembiense
Bioma: Cerrado e Mata Atlântica
Hidrografia: Rio Tietê, Rio do Peixe
Temperatura Média: (ºC): 23
Municípios Limítrofes: Botucatu, Conchas, Piracicaba, Bofete, São Pedro, Santa Maria da Serra
Altitude: 472m
Distância da Capital: 240 km
Economia: Agropecuária , Turismo Rural e Ecológico (Pesca), Administração Pública
IDH: 0, 786
Fontes: IBGE/Prefeitura Municipal/Câmara Municipal

Deixe um comentário