Pássaros de Piracicaba: Irerê

IrereIrerê – Dendrocygna viduata
Família Anatidae

Espécie conhecida também pelo nome de marreca-piadeira, marreca-assobiadeira, chega-e-vira, siriri, paturi, marreca-do-pará, marreca-viúva e viuvinha. Durante o dia, ficam agrupados em bandos coesos, à beira de banhados e campos inundáveis. Raramente pousa em árvores, sendo mais ativo durante o crepúsculo. Quando se assusta, permanece sobrevoando em círculos o local onde estava, vocalizando sem parar. Constrói seu ninho com folhas, no chão, em pântanos ou em árvores ocas, pondo até 9 ovos branco-amarelados. Sua alimentação é composta de folhas, sementes e pequenos invertebrados. Mede 45 centímetros de comprimento.

O irerê é uma das espécies de patos mais conhecidas no Brasil. Está presente em todo o território brasileiro, e também pode ser encontrada desde a Costa Rica até a Bolívia, bem como na Argentina e no Uruguai. Comum em lagoas margeadas com gramíneas, pantanais, campos alagados e ocasionalmente em lagoas de água salobra.

Deixe um comentário