A HISTÓRIA QUE EU SEI (LXXXII)

As razões de Cássio
Muito se comentou sobre as causas que levaram Cássio Padovani a demorar três dias, após a cassação de Salgot Castillon, a assumir a Prefeitura. Eram muitas as especulações: Cássio estaria, também, impedido pelos militares; Cássio recusava-se a assumir, em solidariedade a Salgot Castillon; Cássio iria renunciar – e muitas outras.

As causas, porém, eram menos complicadas e mais paroquiais. O motivo era a presidência da Telefônica Piracicaba que, com a ida de Cássio Padovani para a Prefeitura, ficaria vaga. E o homem que poderia decidir sobre a sucessão de Cássio Padovani na Telefônica Piracicaba era o Comendador Antonio Romano que estava ausente da cidade, viajando.

Na realidade, desde que se foi implantando a certeza de que o mandato de Salgot Castillon seria cassado, existiam planos e esquemas para a posse de Cássio Padovani em substituição ao prefeito eleito. Ocorria que Cássio tinha um zelo todo especial pela Telefônica, da qual era o presidente. E, diante da hipótese de cassação de Salgot, Cássio queria que, para a presidência da Telefônica, fosse levado um amigo particular seu, Pedro Pereira dos Santos, comerciante há pouco tempo chegado a Piracicaba. Com a ausência do Comendador Romano, os planos não podiam ser executados. Assim, se fosse para a Prefeitura, Cássio não tinha como empossar Pedro Pereira na presidência da Telefônica. Foram dias de verdadeira caça ao paradeiro do Comendador Antonio Romano. E Cássio Padovani estava disposto a não se empossar no cargo se, antes, não resolvesse a questão da Telefônica.

Com a pressão dos militares, Cássio acabou tomando posse. E os planos, em torno do amigo, haviam falhado: o Comendador Antonio Romano chegou a Piracicaba e, ao invés de Pedro Pereira dos Santos, indicou o nome do prol. Felisberto Pinto Monteiro para a Presidência da CIPATEL (Companhia Piracicabana de Telecomunicações). As relações de Cássio e de Romano ficaram estremecidas. E Cássio levou o amigo Pedro Pereira dos Santos para ser o seu secretário na administração da Prefeitura …

Deixe um comentário