A HISTÓRIA QUE EU SEI (LXXXVI)

Cássio e os vereadores
A relação política de Cássio Padovani e os vereadores foi tumultuada. O início das dificuldades aconteceu quando da eleição do Presidente da Câmara, para o biênio 1970/1972. O candidato da ARENA, com o apoio de Cássio, era Gustavo Alvim. Aquele partido tinha uma bancada de 9 vereadores, contra 8 do MDB. Quando tudo parecia certo, o vereador arenista José Alcarde Corrêa mais uma vez causou problemas a seu partido, compondo-se com o MDB e, assim, colaborando para que os “guidotistas” elegessem Rubens Leite do Canto Braga para a presidência do Legislativo, ficando ele próprio com a secretaria. As lutas e brigas políticas foram intensas, aumentando-se as dificuldades de Cássio Padovani junto às decisões do Legislativo. E foi a partir daí que começou a crescer a figura do vereador Guerino Trevizan, um homem afável, mas, também, de decisões radicais, temperamento político que se aproximava muito do de Cássio Padovani.

Travaram-se, na Câmara Municipal, verdadeiras batalhas quando da discussão de projetos do Executivo, pois Cássio Paschoal Padovani não tinha habilidade política, não sabia fazer entendimentos ou até mesmo, entender a linguagem muitas vezes diplomática dos políticos. Era como se repetisse, embora com um estilo mais apurado, a maneira de Luciano Guidotti administrar o município, com centralismo e falta de diálogo. Por outro lado, a notória estima pelo vereador Guerino Trevizan, sobre quem caíam as preferências de Cássio, aumentava-lhe as dificuldades dentro de um partido, a ARENA. Os vereadores, por sua grande maioria, começavam a ser aliciados por João Guidotti

A crise maior ocorreria na sucessão de Rubens Braga na presidência da Câmara, quando Cássio já adoecera. Cássio não soube ou não conseguiu compor -se com os vereadores e a bancada da ARENA rachou-se, tomando-se maioria contra o Prefeito Municipal permitindo surgissem fatos políticos que, mais uma vez, mudaram os rumos do município, em meio a tensões, divergências e rompimentos definitivos.

Deixe um comentário