Elias de Melo Aires

Foi um dos professores mais capazes de Piracicaba, respeitado, especialmente, pela integridade de seu caráter. Nascido em Capivari, no dia 2 de junho de 1890, Elias de Melo Aires, era filho de Elias Cândido Aires e de Maria Custódia Anhaia Melo. Muito cedo, transferiu-se para Piracicaba onde estudou na Escola Complementar, formando-se em 1910. Iniciou o magistério em Rio das Pedras, passando, depois, por Pirassununga, na cadeira de Biologia. Em seguida, foi transferido para a Escola Normal de Piracicaba – atual “Sud Menucci” – tendo lecionado, também, no Colégio Piracicabano e no Colégio Assunção. Sua atuação no ensino paulista foi ímpar, tendo participado de cargos de alta relevância na Educação de São Paulo.

Militou no jornalismo de Piracicaba durante 50 anos, foi integrante da Mesa Administrativa da Santa Casa de Misericórdia e um dos mais dedicados membros da Sociedade de Cultura Artística. Orador notável, foi poeta e músico também, tendo versos seus musicados pelos maestros Fabiano Losano, Benedito Dutra e Erotides de Campos.

Casado com Maria Amélia de Aguiar Aires, o prof. Elias de Mello Aires faleceu em Piracicaba no dia 10 de junho de 1960, já aposentado de suas atividades profissionais.

Deixe um comentário