Falece Tomaz Caetano Rípoli

Tomaz_RipoliFaleceu neste domingo (24), às 13h30, Tomaz Caetano Rípoli, engenheiro agrônomo e professor da Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz). Ele era filho de Romeu Rípoli, era casado com Lúcia e deixa dois filhos.

O velório ocorrerá no Cemitério da Saudade e o enterro será nesta segunda-feira (25), às 13h.

8 comentários

  1. esio antonio pezzato em 25/02/2013 às 09:37

    dificil agora será caetanear sem caetano nos caetanando.
    Esiopoeta

  2. Bertola Orlandi em 25/02/2013 às 11:06

    Conheci o Prof. Caetano a mais de quarenta anos, quando iniciava a sua carreira como docente. Daí surgiu uma amizade e um respeito fraternal; tivemos a oportunidade de participar de vários eventos juntos, inclusive em viagem aos EUA. Sempre que encontrávamos era uma festa, pois o Prof. Caetano com sua maneira descontraída e alegre contagiava todo mudo que estava à sua volta. Infelizmente o nosso querido mestre nos deixou precocemente e esta lacuna dificilmente será preenchida. Gostaria de expressar os meus sentimentos à sua família e amigos, bem como a toda a comunidade da ESALQ, pela perda do querido mestre.

  3. Ana Helena Barros em 25/02/2013 às 11:52

    Segue em paz professor… vamos sentir falta da sua alegria… e vamos guardar na memória e no coração sua paixão!

  4. claudio em 25/02/2013 às 14:42

    descanse em paz mestre!!!

  5. Murilo Ferraz em 27/02/2013 às 13:42

    Gostaria de dedicar um carinho especial, nesse momento difícil, ao meu professor Caetano Ripoli, da ESALQ. O grande Caetano, de brilhante carreira acadêmica, filho do nosso saudoso Romeu Italo Ripoli, ex-presidente do XV de Piracicaba, que fez história nos anos 70 e 80, e pai do Marco Ripoli, doutor de excelente carreira como executivo na John Deere. Caetano,era uma pessoa que sempre escreveu e falou o que pensava, de muitos assuntos e muitos livros, e que ajudou muito nas pesquisas de mecanização no setor de cana. Devemos muita produtividade ao mestre Caetano.

  6. Luís Rudnei Trevizan em 25/02/2013 às 17:19

    Infelizmente Piracicaba perde mais um filho ilustre…..meus sentimentos

  7. Manuel Pérez em 15/05/2015 às 14:29

    No se si esto alguien lo leerá. Me acabo de enterar de la muerte de Caetano. Estuvo en Cuba en el 200’0 como asesor por un poryecto de FAO. Me tocó atenderlo y comenzamos una linda amistad que por cosas de la vida distanciamos. Me gustaría poder contactar con su familia para dar el pésame por la pérdida de un gran amigo.

Deixe um comentário