1932: Batalhão de funcionários

1932 Batalhão de funcionários

A Revolução Paulista em 1932 foi, após a vitória de Getúlio Vargas, colocada à margem, num esforço para ser esquecido o heroísmo e a indignação dos paulistas diante da ditadura. Em Piracicaba, o movimento revolucionário foi intenso, especialmente porque, na liderança da Revolução, estavam piracicabanos ilustres como o jurista Francisco Morato – convidado a ser governador de São Paulo – e Paulo de Moraes Barros, a quem Getúlio entregou o Ministério de Viação e Transportes, por alguns dias aceito por dr.Paulo.

Mulheres, jovens, profissionais liberais, intelectuais, operários e até mesmo os funcionários municipais se mobilizaram para o grande enfrentamento que resultou fracassado. A foto, de 1932, é a do Batalhão dos Funcionários Municipais, com pessoas infelizmente não identificadas por A PROVÍNCIA.

Deixe um comentário