Colégio Wolf, ano 1884

Colégio Wolf ano 1884

Assinalado com o nº12, está Luiz, filho do Barão de Rezende.

Um dos únicos registros do famoso Colégio Wolf, em Piracicaba, é esta forto datada de 1844, autor desconhecido. O colégio era prestigiado e apoiado pelos barões de Serra Negra e de Rezende, não apenas para seus familiares mas, também, para a comunidade piracicabana.

Assinalado com o número 12, em pé à direita, está o filho do Barão de Rezende, Luiz Rezende. A morte prematura de Luiz – que morreu em 12 de maio de 1902, em plena lua-de-mel, de tuberculose – foi tragédia que atingiu especialmente Lydia de Rezende, a irmã, que se tornaria conhecida como “Anjo da Caridade”. Lydia, em nome do irmão, decidiu construir o Sanatório São Luiz, o primeiro, na América do Sul, para tratamento de tuerculosos. O sanatório teve a sua primeira diretoria eleita em 1903, com pedra fundamental lançada em 1904.

 

Deixe um comentário