Tempos de glória

Tempos de glória

O Colégio Piracicabano, fundado por Miss Martha Watts, numa foto de autor desconhecido, provavelmente da década de 1930, dadas as antigas grades que cercavam o jardim do educandário. A foto se torna ainda mais significativa por revelar um tempo de fastígio e de glórias de que tanto Piracicaba se orgulhou, no reconhecimento ao trabalho dos antigos metodistas, compromissados com um ensino de pedagogia diferenciada.

Graças, também, ao Colégio Piracicabano – que teve pleno apoio de Prudente de Moraes e da família Moraes Barros – Piracicaba pôde se tornar um referencial de educação no Estado de São Paulo, merecendo o título de O Ateneu, a Atenas Paulista. A crise deflagrada por tendências pentecostalistas na Igreja Metodista abate o Colégio Piracicabano e atinge a Universidade Metodista, que vai deixando de ser de Piracicaba para servir a interesses de áreas das lideranças predominantes do metodismo atual.

1 comentário

  1. Osvaldo Ignácio em 07/04/2017 às 22:15

    Nessa época, Piracicaba, projetava um modernismo maior, em relação as cidades circunvizinhas?

Deixe um comentário