Arco, Tarco, Verva: Dicionário do Dialeto Caipiracicabano

Caí na boca do mundo

Ultimamente, essa expressão já não tem muita importância. Mas até alguns anos, o maior medo dos pais era que a filha caísse na boca do mundo. Ou seja: que ela ficasse falada. Cerinha, sempre bom moço, quando ia pedir as meninas em namoro aos pais delas, orgulhava-se de prometer: “O senhor e a senhora pode ficá sussegado. Cumigo, sua fia num vai caí na boca do mundo.” Bom rapaz, o Cerinha.

Deixe um comentário