Arco, Tarco, Verva: Dicionário do Dialeto Caipiracicabano

Caí um tombo

Em Piracicaba, como em qualquer lugar, as pessoas caem. Só que, quando caem, nunca apenas caem: nego cai um tombo. “Manhê, eu escorreguei e caí um tombo…” – dizem, desde muito cedo, as criancinhas. E empresários, sempre que comentam a conjuntura nacional, sempre comentam: “Pois é…Caí um tombo nos meu negócio que tá duro de arribá.”

Deixe um comentário