Arco, Tarco, Verva: Dicionário do Dialeto Caipiracicabano

Coisa

Filosoficamente falando, tudo é coisa na região de Piracicaba. Gente é coisa, animal é coisa, pedra é coisa, vegetal é coisa. Para a muié bonita que passa, também se diz: “Óia, que coisa de muié!”. Expressão de pena, diante de um acidente: “Ai, que coisa.” Diante de um bom filme: “Esse firme é uma coisa.” Depois de uma noite de amor: “Ai, quirida. Foi uma coisa, ocê é uma coisa.”

Deixe um comentário