Arco, Tarco, Verva: Dicionário do Dialeto Caipiracicabano

Crau

Interjeição que exprime força, vingança, competição, conforme a necessidade do uso. Não deve ser confundido com o estilo de natação, o nadá crau. O crau verdadeiro é apenas onomatopéico, embora enigmático. Em relato amoroso: “Eu e ela, nói tava agarradinho no motel, aí, intão, eu crau nela…” – e se entende o que aconteceu. Quando o nego é traído: “Quando eu percebi, ela crau ni mim.” Trata-se, mais ou menos, de o mesmo sentido de ferrá.

 

Deixe um comentário